28.9.11

Querendo ver os dias passarem voando pelos meus olhos, numa mistura ansiosa que faz meu coração pulsar mais rápido e meus olhos picarem sem parar, acabo não entendendo que quanto mais se olha para o relógio, mais sua vaidade os faz passar devagar, desfilando pelo dia e pelos momentos de saudade, vontade. E eu fico aqui tendo ocupar os minutos vazios que só se ocupam na tua presença com um não sei o que de felicidade que eu sei que vai chegar, mas que eu só consigo tentar imaginar como vai ser. Porque eu sei exatamente como é amar, querer, sorrir. Mas te encontrar de novo, depois de tanto tempo e querer gritar ao teu ouvido a minha vontade incontrolável de te fazer feliz, é algo que nem todos os segundos e nem a imaginação mais fértil consegue me ajudar a visualizar um quadro que vamos pintar juntos, sem dizer uma só palavra.

Saudações!

Decretado pela Rainha de Copas às 07:14 4 comments


Desaprendi a contar. Queria mesmo que naquela contagem regressiva, depois do 8 eu não visse mais número algum, só você.

Saudações!

Decretado pela Rainha de Copas às 00:36 0 comments


13.9.11

Não consigo parar de pensar na possibilidade de ser ainda mais feliz numa vida que foi feita sob medida pra mim. Não consigo parar de rir todas as vezes que me lembro do sorriso teu. É impossível não querer apressar os ponteiros do relógio, correr os passos mais largos, não parar pra não enlouquecer com a necessidade de ter que esperar. Estou freneticamente enlouquecida com o simples fato de entender que a minha vida não vai mudar totalmente. Ela já mudou. Tudo mudou desde o dia em que meus olhos encontraram os teus em um bar qualquer de uma cidade nada qualquer com a qual eu sonhava todos os dias sem sequer conseguir adivinhar que era esse ar frio que você respirou e me esperou desde sempre.

Saudações!

Decretado pela Rainha de Copas às 10:43 3 comments


12.9.11

Eu recebi uma carta. Recebi linhas, palavras que me fizeram ter os mais diferentes sentimentos. Eu, pela primeira vez, recebi uma carta pelo correio do amor da minha vida. E, quando eu disse que amei a surpresa, ouvi a melhor coisa que ele podia ter me dito: foi muito dificil manter esse segredo de você. Porque o que eu entendi naquelas linhas, nas palavras, no dia-a-dia de um relacionamento completamente fora de qualquer coisa que se possa chamar de normal é que só eu e você entendemos esse sentimento que nos toma a partir das primeiras horas do dia até os últimos momentos antes de começarmos a sonhar. Só você me entende. E eu não preciso mais falar. Você aprendeu a me ler nos meu gestos, olhares, suspiros. Você me ama também.

Saudações!

Decretado pela Rainha de Copas às 23:22 0 comments


10.9.11

Eu hoje não vim falar de mim. Vim falar de alguém que se parecia comigo, tinha um nome como o meu, a minha idade, mas não era feliz. Essa moça acordava todos os dias pensando em como tinha tido sorte na vida de ter um filho lindo, dias ensolarados para viver, poucos, mas muito bons amigos e uma fé que a fazia respirar fundo a cada manhã. Essa moça estudava, procurava trabalhar honestamente e sorria um sorriso sincero que ela acreditava que refletia uma felicidade tranquila. Essa moça era eu. O que lhe aconteceu? Ela pediu pra ser feliz e para amar mais uma vez. E foi então que ela descobriu que nunca tinha sido, de fato, feliz. Que nunca tinha, de fato, amado. Entendeu que as cores que enfeitavam a moldura de uma vida que ela chamava de sua nada mais eram que um ensaio pra pintura que estava por vir. Entendeu tantas coisas que seus olhos mal podiam piscar por vontade de permanecerem sempre abertos a fim de maravilharem-se com um sentimento que nunca antes havia tido na vida: sentia-se completa, nova, leve e feliz. Era uma pessoa completamente nova, com sentimentos novos, um futuro novo, um amor novo, unico e verdadeiro. Essa moça sou eu. E eu sei quem sou, conheço o lugar ao qual eu pertenço por um motivo simples: eu encontrei você, ou você me encontrou. Ou não. A vida, a que posso chamar de nossa, acabou de começar. E a pessoa que eu vejo quando me olho no espelho não é mais aquela de antes. Só agora eu sei que sou a Rainha de Copas. Encontrei meu Rei.

Saudações!

Decretado pela Rainha de Copas às 21:55 0 comments


7.9.11

Feliz dia da independência.

Dia da o que? Pra mim que ainda dependo tanto de tantos, pra mim que não posso ir e vir sem me preocupar com a opinião de tontos? Não, não posso celebrar o dia de um sentimento que não me consome quando vejo meus pés tão presos ao chão e uma incapacidade de poder voar.

Porque o dia da minha independência será de fato o dia em que meu amor, totalmente dependente do teu, vai poder abrir as asas e ser feliz em dias perfeitos com cores e cheiros que a saudade não me deixa esquecer.

Saudações!

Decretado pela Rainha de Copas às 09:44 0 comments


1.9.11

Bom dia, Setembro! Seja bem-vindo com seus dias ensolarados, tardes coloridas e noites de espera. Venha com tudo, no embalo e pode seguir em frente. Não toque o freio, não diminua a velocidade. Não faço questão de ver você passar devagar. Porque eu sei que pra ver chegar outubro, eu tenho que esperar você acabar. Porque eu sei que pra finalmente chegar o dia dos meus sorrisos acompanhados, todos os outros dias precisam ser vividos e minha paciência exercitada. Bom dia, Setembro. Chegue, faça um carinho, dê um abraço apertado, deixe um agrado e vá em paz.

Saudações!

Decretado pela Rainha de Copas às 07:35 0 comments


A Rainha



menina de vinte poucos.
que viveu muito em pouco.
que sorriu pouco em muito.
que vive sorrindo muito.
mulher de vinte e poucos.
que sofre, ama e não cansa.
de buscar dias melhores,
dias mais felizes.
menina mulher que não cansa.
de sonhar. de viver. de sorrir.
de confiar. de ter fé.
mulher menina que muito em pouco
fez pouco de muito.
e agora é rainha mesmo
não sendo majestade.

menina moça mulher do naipe coração.



Correio Real mensageirodecopas@gmail.com

A Rainha no Twitter @ReinodoCoracao

A Rainha no Orkut:
 Perfil 

A Rainha no Twitter @ReinodoCoracao

A Rainha no Facebook
 Perfil da Rainha

O Reino no Facebook
 Curtir o Reino

Súditos
 . A Rua Dos Contos 
 . Elísios 
 . Florbela Espanca 
 . Bobo da Corte 
 . Escudeiro da Rainha de Copas 
 . Cavaleiro Real 

Era uma vez

.Maio 2006

.Junho 2006

.Julho 2006

.Agosto 2006

.Setembro 2006

.Outubro 2006

.Novembro 2006

.Dezembro 2006

.Janeiro 2007

.Fevereiro 2007

.Março 2007

.Abril 2007

.Maio 2007

.Junho 2007

.Julho 2007

.Agosto 2007

.Setembro 2007

.Outubro 2007

.Novembro 2007

.Dezembro 2007

.Janeiro 2008

.Fevereiro 2008

.Março 2008

.Abril 2008

.Fevereiro 2009

.Março 2009

.Abril 2009

.Maio 2009

.Junho 2009

.Julho 2009

.Setembro 2009

.Novembro 2009

.Dezembro 2009

.Janeiro 2010

.Fevereiro 2010

.Março 2010

.Abril 2010

.Maio 2010

.Junho 2010

.Julho 2010

.Agosto 2010

.Setembro 2010

.Outubro 2010

.Novembro 2010

.Dezembro 2010

.Janeiro 2011

.Fevereiro 2011

.Março 2011

.Abril 2011

.Maio 2011

.Junho 2011

.Julho 2011

.Agosto 2011

.Setembro 2011

.Outubro 2011

.Novembro 2011

.Dezembro 2011

.Janeiro 2012

.Fevereiro 2012

.Março 2012

.Abril 2012

.Junho 2012

.Julho 2012

.Agosto 2012

.Setembro 2012

.Outubro 2012

.Dezembro 2012

.Janeiro 2013


A Rainha Agradece
.Layout: Liannara
.Hospedagem:Blogger
.Comentários: Haloscan
.Imagem: Flickr