30.1.10

E a grande verdade nisso tudo é que eu nunca falei que não te quero mais. Eu simplesmente vi a porta convidativamente aberta.

Eu não me encaixava na tua sala, no teu quarto, na tua cama, em você. Parece que o tempo mudou as formas e o que parecia ser perfeito foi mudando de um jeito que, pior que água e vinho, eu e você não conseguimos mais formar o tal do nós.

E esse plural fica pra depois, pra quando eu e você entendermos que não há porta de saída que não seja a única que nos leva pro caminho do qual tentamos desviar, nos perdemos, mas que continua sendo. Porque não adianta fugir, eu sou teu caminho, tua sala, teu quarto. E um dia o teu medo vai te deixar ver isso de novo.

Saudações!

Decretado pela Rainha de Copas às 14:11 0 comments


28.1.10

Eu estou aprendendo a dizer não. Porque sinceramente nunca foi fácil pra mim dizer que não quero, não posso, não sou. Sempre fui do tipo do sim, porque são esses pingos de is que abrem sorrisos, geram dias ensolarados e corações alegres.

Mas eu estou aprendendo a dizer não. Porque cansa. Chega o dia em que as costas doem, o coração tem preguiça de bater e você simplesmente não faz mais o minimo esforço, por medo, birra ou por qualquer outro motivo que pouco me importa.

Estou aprendendo a dizer não. Não pra dias de espera, coração saudoso, abraço de espectativas. Não pra esse sentimento que não me nutre, não me sustenta e nem me diz bom dia, boa tarde, boa noite. O eu te amo fica pra depois e eu, nem preciso dizer nada... Você, espero eu, entendeu meu não.

Saudações!

Decretado pela Rainha de Copas às 12:55 0 comments


25.1.10

Eu pensei que conseguiria. Mas não. Não consigo esperar sem cobrar. Não consigo ser paciente e dar um passo de cada vez. Porque pra mim, isso é menos que meio passo, é passo nenhum. Porque eu quero te dizer o quanto você me faz falta e o quanto eu queria mesmo era que você estivesse aqui comigo. Queria teu ombro, teu colo, tua mão, e o resto também. Faz parte de quem eu sou esse sentimento de imediatismo e essa vontade incontrolável. Porque eu posso não saber ao certo o que quero, mas sei que, por mais que esperança seja meu mais evidente sobrenome, saber esperar não é, nem nunca foi, a minha maior virtude.

Saudações!

Decretado pela Rainha de Copas às 19:41 0 comments


24.1.10

Eu quero mais.

Nunca soube me contentar com pouco ou com menos. Porque, por me conhecer tão bem, eu sei que eu até aguento por algum tempo o esperar por mais. Mas quando eu sei que não vem, que migalhas é tudo que me resta, eu aperto aquele botão vermelho bem no meio no painel e cuido do meu jardim de novo.

Porque minhas flores precisam de borboletas no estomago, de céu azul, sol brilhando e, à noite, estrelas tantas que torna-se impossivel pensar na idéia de tentar contá-las.

O vento precisa ser contstante e o cheiro tem que ser de terra molhada, como se a chuva acabasse de cair.

Chuva, sol, lua,cor, brilho, amor. Tem que ter tudo. Porque o pouco não basta. Eu quero mais.

Saudações!

Decretado pela Rainha de Copas às 17:39 0 comments


23.1.10

E quando eu menos espero, eu sinto tudo de novo. Aquela loucura de sentimentos, palavras, vontades, e, infelizmente, espectativas. Porque por mais que a gente não queira, a gente sempre espera. Espera um telefonema, uma mensagem, um sinal de fumaça... Sempre quer que as borboletas batam asas e nos levem pra bem longe daqui e pra perto de um lugar qualquer onde esteja você.

Porque hoje eu sei e sinto que eu sempre te esperei. Naquela esquina, naquela festa, naquele dia, naquele bar, em todo e qualquer lugar.

Saudações!

Decretado pela Rainha de Copas às 16:18 0 comments


21.1.10

Quando eu mais queria gritar ao mundo, minha boca se cala. Eu não tenho palavras. E já tentei começar esse texto de milhões de formas diferentes e as letras não colaboram se agrupando de forma organizada e lógica. Aliás, não há nada de organizado e lógico nos meus dias. Não nos meus dias sem você. Porque o vazio que eu sinto aqui, e na verdade sempre existiu, tem a sua forma. Não há nada, nem ninguém que consiga preencher. O seu lugar está marcado, ao meu lado.

Então vem, chega logo, toma o que é teu pra ti e me cerca, me cuida. Pra que as palavras façam sentido de novo e eu nem precise de letras pra dizer nada. A verdade vai estar escrita nas paredes, nos muros das cidades de tal forma que vai ser impossível não nos ler.

Saudações!

Decretado pela Rainha de Copas às 11:20 0 comments


19.1.10

E essa teimosia, essa minha mania de sempre acreditar na vida, nas pessoas, no justo e no sonho sempre terminam por me fazer perceber que quanto mais os anos passam por mim, menos aprendo com eles.

Mesmo quando minhas pernas sabem qual caminho seguir, os pés não obedecem. Meu corpo segue nessa contradição sem fim que me maltrata, me sufoca, me estasia. E então percebo que o que me alimenta é essa adrenalina, essa sede do novo ou, quem sabe, saudade do velho. Mas não consigo me conformar. Pelo menos, não com tão pouco.

Saudações!

Decretado pela Rainha de Copas às 11:46 0 comments


13.1.10

Eu não consigo controlar. Por mais que eu saiba que não devo, não posso, não digo que não vou. Porque eu me conheço o suficiente pra não me enganar pensando que talvez eu não me aproxime, não espere, não procure. Porque a grande verdade é que eu nunca deixei de querer. Sempre foi assim...

Eu não consigo controlar. Porque meus olhos não olham mais pros lados, nem meu coração bate mais fraco. É esse ritmo acelerado que eu não entendia, antes, o porquê de não mais sentir.

Hoje eu sei. Hoje eu entendo que nunca fui eu. Foi a falta de você.

Saudações!

Decretado pela Rainha de Copas às 13:42 0 comments


7.1.10

Elas não se conformam com o estômago. É como se precisassem freneticamente bater suas asas em todos os lugares do meu corpo e não quisessem me deixar dormir, comer, beber, respirar até o momento de te encontrar. Porque é exatamente assim que eu me sinto: sem fôlego. O ar falta, as pernas, a força, as palavras... Tudo foge. E o tic tac não consegue acompanhar o ritmo deseperado do meu tum tum.

E eu repiro, fundo. Fecho os olhos depois de tanto tempo sem piscar, tento acreditar e começa tudo de novo.

E eu acho mesmo que vai ser assim até você chegar e me mostrar que eu não preciso mais de comida, água, pernas, borboletas, ar... Você me basta. E pronto.

Decretado pela Rainha de Copas às 00:36 1 comments


3.1.10

E eu espero que você me espere. Espero que me queira. Espero que os dias passem voando assim como você vem voando pra me ver, ou vice-versa.

E eu espero tanto, que o tic passa e o tac não. Parece que o relógio fica de birra comigo e eu fico nessa ansiedade, esse frio na barriga... Como um menino esperando o natal e que falta ver o ano novo passar e nada do Papai Noel chegar.

No fim, a verdade é que já foi o natal, o ano novo, mas o meu presente... Eu sei que ainda vou ganhar. E, como vem atrasado, vou cobrar juros. E multa.

Saudações!

Decretado pela Rainha de Copas às 18:05 0 comments


A Rainha



menina de vinte poucos.
que viveu muito em pouco.
que sorriu pouco em muito.
que vive sorrindo muito.
mulher de vinte e poucos.
que sofre, ama e não cansa.
de buscar dias melhores,
dias mais felizes.
menina mulher que não cansa.
de sonhar. de viver. de sorrir.
de confiar. de ter fé.
mulher menina que muito em pouco
fez pouco de muito.
e agora é rainha mesmo
não sendo majestade.

menina moça mulher do naipe coração.



Correio Real mensageirodecopas@gmail.com

A Rainha no Twitter @ReinodoCoracao

A Rainha no Orkut:
 Perfil 

A Rainha no Twitter @ReinodoCoracao

A Rainha no Facebook
 Perfil da Rainha

O Reino no Facebook
 Curtir o Reino

Súditos
 . A Rua Dos Contos 
 . Elísios 
 . Florbela Espanca 
 . Bobo da Corte 
 . Escudeiro da Rainha de Copas 
 . Cavaleiro Real 

Era uma vez

.Maio 2006

.Junho 2006

.Julho 2006

.Agosto 2006

.Setembro 2006

.Outubro 2006

.Novembro 2006

.Dezembro 2006

.Janeiro 2007

.Fevereiro 2007

.Março 2007

.Abril 2007

.Maio 2007

.Junho 2007

.Julho 2007

.Agosto 2007

.Setembro 2007

.Outubro 2007

.Novembro 2007

.Dezembro 2007

.Janeiro 2008

.Fevereiro 2008

.Março 2008

.Abril 2008

.Fevereiro 2009

.Março 2009

.Abril 2009

.Maio 2009

.Junho 2009

.Julho 2009

.Setembro 2009

.Novembro 2009

.Dezembro 2009

.Janeiro 2010

.Fevereiro 2010

.Março 2010

.Abril 2010

.Maio 2010

.Junho 2010

.Julho 2010

.Agosto 2010

.Setembro 2010

.Outubro 2010

.Novembro 2010

.Dezembro 2010

.Janeiro 2011

.Fevereiro 2011

.Março 2011

.Abril 2011

.Maio 2011

.Junho 2011

.Julho 2011

.Agosto 2011

.Setembro 2011

.Outubro 2011

.Novembro 2011

.Dezembro 2011

.Janeiro 2012

.Fevereiro 2012

.Março 2012

.Abril 2012

.Junho 2012

.Julho 2012

.Agosto 2012

.Setembro 2012

.Outubro 2012

.Dezembro 2012

.Janeiro 2013


A Rainha Agradece
.Layout: Liannara
.Hospedagem:Blogger
.Comentários: Haloscan
.Imagem: Flickr