Entendeu?

30.11.06

Tá, eu percebi que você ainda não entendeu. E eu vou fingir que tenho toda paciência do mundo e vou tentar explicar de novo... Não basta saber, eu preciso ouvir. Não é só hoje e nos finais dos telefonemas. Eu preciso ouvir e sentir toda hora. Porque se por algum segundo houver dúvidas sobre se é ou não é, se existe ou não, e se vai ou não estar aí amanhã... Então, vem tudo aquilo que você viu ontem, junto com aquela avalanche de sentimentos estranhos e comportamentos lotados de insegurança. E vem a cara fechada, o coração apertado. Até que finalmente você caia em si, passe a mão na minha cabeça e fale de novo o quanto você gosta de mim e quer passar o resto dos seus dias comigo. Entendeu?

Saudações!

Decretado pela Rainha de Copas às 10:48 0 comments


Já?

28.11.06

Você já teve vontade de que já fosse ano que vem? E que tudo isso que você ta vivendo passasse logo e pronto? Que tudo que você planejou pro ano que vem fosse hoje e hoje fosse amanhã? Você já sentiu uma vontade enorme de chorar lendo um texto de alguém que você nunca viu na vida, mas que parece que te leu por inteiro e depois transcreveu pro papel? Você já quis viver tudo ao mesmo tempo... e, simultaneamente, não fazer nada? Apenas respirar e deixar bater o coração? Já teve um desejo muito forte de sair correndo e gritar, como se, se você não fizer aquilo naquele exato momento, você fosse explodir? Já? Já sentiu? Eu sinto. Eu sou tudo isso junto, ao mesmo tempo, sempre que não estou com você. Porque quando eu estou... Eu nem sei dizer, mas eu quero simplesmente viver, cada minuto, segundo, cada tempo que me for permitido viver. Sem angustia, nem aperto no peito. Simples. Como deve ser.

Saudações!

Decretado pela Rainha de Copas às 13:21 0 comments


Sorte

26.11.06

Eu tenho sorte. Quando eu mais tenho vontade de chorar, chegam motivos pra sorrir e eu nem me lembro mais o que é derramar uma lágrima. Quando as coisas parecem não fazer sentido, aparecem razões para seguir e não olhar para qualquer coisa que parece ser importante, mas de fato não é. Quando meu sorriso foge do meu rosto, vem você. Simples assim. E pronto. Meu sorriso volta rapidinho com o rabo entre as pernas pra onde sabe que não deveria ter saído: do meu rosto, da minha alma. E é aí que reside minha sorte: ter você e a certeza de que vai sempre estar onde eu possa alcançar.

Saudações!

Decretado pela Rainha de Copas às 10:52 0 comments


Resto.

24.11.06

Eu não sei o que dizer. Logo hoje que eu tinha que dizer tudo que você merece ouvir. Porque quando é dia, eu sinto sua falta e quando é noite não sinto tanta por te ter nos meus sonhos. E quando chega a hora H, eu nunca sei o que dizer. Eu travo. E te chamo pro papo e digo... Eu não digo nada. Simplesmente eu olho e quase consigo visualizar teu rosto esperando por uma palavra ou um movimento meu. Mas nada. Eu não faço nada. E quando eu penso que pode ser, não é. E passa. Passa a oportunidade e a minha chance de mostrar de verdade o que acontece aqui do lado esquerdo do peito quando você chega. Mas eu não sei mesmo o que dizer. Porque como aquele poeta que eu adoro, eu preciso dizer que te amo, tanto. Mas passa. Só o que não passa é a vontade, o sentimento e você. Porque o resto... Ah, quem quer saber do resto?

Saudações!

Decretado pela Rainha de Copas às 11:30 0 comments


Desafinada.

22.11.06

Aqui dá um aperto quando eu penso na possibilidade do seu violão de cordas trocadas todas as semanas enjoe da minha voz desafinada. E você descubra que na verdade, eu não sou diferente, eu sou chata. E que uma voz cheia de excentridades interessantes chame a atenção do tom afinado que você tanto preza no seu som. E o desequilíbrio que eu provoco nos seus dias mais tranqüilos canse de vez esse seu toque sereno. Talvez minhas baladinhas românticas não sejam exatamente o jazz que você procura no seus dias mais musicais. Ou ainda talvez aquela nota, que eu sempre toco errado, seja a base do som que você quer fazer e eu sempre atrapalho. O aperto aumenta quando você chega afinando o seu violão e eu não consigo alcançar aqueeeela nota. Mas quem sabe... Eu consiga alcançar teu coração.

Saudações!

Decretado pela Rainha de Copas às 18:27 0 comments


Falta de ar.

20.11.06

Como eu posso respirar, se você me tira todo o fôlego quando passa? E, quando você não passa, eu perco o ar, porque me dá taquicardia esperar você chegar? A verdade é que eu não canso de dizer o quanto meus dias são menos tranquilos e mais interessantes quando você faz parte deles. E eu sei que são nesses dias que eu durmo mais leve, e sonho com a alma. Sonho com o que me faz parte do que eu nem sei ainda que desejo. Eu quero essa falta de ar, essa ansiedade, esses sinos batendo no meu ouvido e as borboletas batendo freneticamente suas asas dentro do meu estômago.E quando a falta de ar começar a me matar, vem e me salva. Faz o boca-a-boca que você aprendeu nas aulas de primeiros socorros e me dá de volta o que é teu: cada batida do meu coração.

Saudações!

Decretado pela Rainha de Copas às 11:51 0 comments


Fim de tarde.

17.11.06

Me diz. O que eu faço num fim de tarde como esse com uma coisa tão grande que eu não consigo mais guardar no peito, nem administrar com a cabeça? Porque eu aprendi na escola que um mais um é dois e você todos os dias me ensina que o professor estava errado e você que está certo. Dois são um, quando isso que une transcende o que chamam de limite, que você também anda me dizendo não existir. Assim como não existe sim, nem são. Simplesmente é. Sim. O sol ta indo embora. O ponteiro do meu relógio anda tão lentamente que não há como prever quando ele vai chegar lá. Onde? No quando de quando você chega. Porque aí eu o faço parar [eu e essa minha presunção, sempre acreditando que consigo tudo o que quero]. Eu tento. Como tento todos os dias não ficar triste de não acordar ao teu lado. Como tento não ser só ansiedade quando vejo que você não está aqui, sendo um comigo. Eu tento. Mas me diz: o que eu faço num fim de tarde como esse?

Saudações!

Decretado pela Rainha de Copas às 16:29 0 comments


Incrivel.

Eu fico impressionada com a capacidade que alguns de rir por fora e chorar por dentro. Sem ser vidro, nem espelho. Sendo falso. É incrível como sorrisos amarelos e sem graça se enchem de moldura no meu mundo, enquanto eu escolho as cores que eu uso pra pintar meus dias com tanto cuidado. Estranhamente, eu sento e fico olhando, sem qualquer tipo de inveja ou vontade de ser igual, esse mundo cinza cheio de angustia e vontades reprimidas. Porque ainda me enche de orgulho ter essa alma transparente e sincera, enquanto o resto não sabe ser luz. Eu falo, corro, paro, sinto, cheiro, brinco, sou. Enquanto o resto é medo. De que? Eu não sei. Porque de ser feliz, eu não tenho medo. Não mesmo. E isso talvez impressione você. Mas não a mim.

Saudações!

Decretado pela Rainha de Copas às 11:30 0 comments


Era uma vez...

14.11.06

Eu quero que você saiba o que eu sinto, quero, sou, antes mesmo se eu sentir, querer e ser. Quero que você saiba dos meus passos de amanhã antes mesmo de eu trilhá-los hoje. Porque quando eu levar minhas quedas, eu queria você já do meu lado pra segurar a minha mão e me ajudar a levantar. Eu quero que amanhã seja tão importante pra você quanto o hoje é hoje. Porque eu não quero ficar com você [apenas] hoje. Eu quero todos os meus hojes e, de quebra, os amanhãs também. Eu quero você. E ponto. Porque não me importam os anos que passaram e com quem você os passou. O que importa é que passaram. E que os próximos... Eu passarei e ficarei com você. "E foram felizes para sempre." E ponto. Final.

Saudações!

Decretado pela Rainha de Copas às 12:50 0 comments


Amanhã, hoje e sempre.

9.11.06

Não é porque você me diz que está comigo pro que der e vier hoje que eu num preciso mais daquele carinho na minha cabeça antes de dormir. Entende: eu preciso todo dia, toda hora, sete dias por semana, o ano todo. De você, dos carinhos, das palavras e de todo o resto que eu nem sei se você pode dar, mas eu já quero. Porque hoje é hoje, mas amanhã chega jájá e eu, que sempre quis deixar o amanhã pra amanhã, tento reinventar isso que eu chamo de daqui a pouco pra não ficar tão longe o que eu planejo pro meu sempre. E não é porque você me diz que meu espaço sempre vai estar aí do lado esquerdo do teu peito reservado pra mim, que eu vou ficar contente e pronto. Porque eu não sei ser pronto, enquanto você não estiver pronto, no ponto pra viver comigo hoje, pra sempre.

Saudações!

Decretado pela Rainha de Copas às 21:39 0 comments


Conto de fadas.

8.11.06

Eu tenho medo das bruxas. Porque eu aprendi que todo conto de fadas que se preze tem bruxa, sim senhor. Com aquelas verrugas horríveis no nariz e uma maldade sem fim. Mas ela ainda num deu as caras. Já vi fadas [madrinhas], rei, rainha, príncipe encantado [que nunca foi sapo]... Mas a bruxa ainda não apareceu. E sinceramente? Eu disse que tinha medo? Esquece. Eu não tenho medo de maçã envenenada, de lobo mau, do capitão gancho, da meia-noite e aquele lance de carruagem virar abóbora, cuca do sítio, nem madrasta malvada. Eu não tenho medo. Porque a princesa aqui, vestida de rainha, tem como escudo um sorriso e um carinho. E contra isso, feitiço nenhum consegue ir contra. Meu conto de fadas não tem bruxas. Nem nada disso que possa me fazer menos feliz.

Saudações!

Decretado pela Rainha de Copas às 22:14 0 comments


Cortem-lhe a cabeça.

6.11.06

Deixa de ser bobo. Isso aqui é pra você. Minhas palavras, meus pensamentos e todo o resto que eu despejo aqui ou que eu deixo guardado. Sim, eu guardo muito só pra você... Mas será que eu vou ter que escrever em negrito, itálico e sublinhado tudo ao mesmo tempo pra você ler e entender que eu gosto é de você? Que eu escrevo, ando, sonho, quero, vou, suspiro por/com/para você? Deixa de ser bobo. A melhor saída é sempre não sair. E ficar. Porque se alguém te contou que eu quero que você vá, eu vou ser má como aquela que é Rainha de Copas como eu e vou mandar corta-lhe a cabeça. Porque eu posso é perder a minha cabeça. Mas o meu coração eu sempre vou saber onde está. Com você, seu bobo.

Saudações!

Decretado pela Rainha de Copas às 23:56 0 comments


Vampiros.

5.11.06

Eu tive pesadelos. E neles você não estava lá pra me salvar... Eu tinha caninos longos e seres estranhos me perseguiam pelas escadas como se eu tivesse algo que eles queriam muito. E eu só queria que em um daqueles andares daquele prédio desconhecido, eu encontrasse você pra me dar um beliscão daqueles que você me dá e mesmo assim não dói e eu acorde. Ou melhor, que eu morda você e você seja igual a mim e assim seja eterno. Nós e isso que nos une. Porque a eternidade é atraente. Mas o agora e o dia a dia são realmente mais tentadores que pesadelos. Porque aqui eu tenho você do meu lado e lá eu tenho que te procurar. Mas a verdade é que eu continuaria a procurar. Nem que tivesse que gastar minha eternidade fazendo apenas isso.

Saudações!

Decretado pela Rainha de Copas às 12:04 0 comments


Circo.

1.11.06

Eu vou pintar o nariz de vermelho. Fazer cambalhota e buzinar no meu fusquinha multicolorido. Vou fazer você sorrir das minhas brincadeiras mais bestas e te lembrar o quanto ser besta pode ser genial. Eu vou tirar um coelho lindo da minha cartola junto com um pombo e te dou pra mostrar o quando minha pureza e minhas asas não precisam ficar escondidas, eu dou pra você cuidar. Eu vou me pendurar em cordas e fazer acrobacias no ar pra te encantar e você pensar que eu sou assim tão leve e delicada quanto você possa imaginar. E vou equilibrar no ar, mas mostrando toda segurança de quem sabe o que faz, o meu coração, o seu, nossos corpos e nossa felicidade, porque equilibrista que se preze não deixa nada cair no chão. E vou ficar minha lona bem firme no seu peito, porque não quero pisar em outro picadeiro nem tão cedo.

Saudações!

Decretado pela Rainha de Copas às 14:37 0 comments


Rotina.

Tem dias que não tem graça pelo simples fato de não ver você. Porque rotina boa é quando você me acorda de manhã dizendo que já está saindo de casa e eu apressada [porque acabei de acordar – com seu telefonema, por sinal] tento colocar o cabelo no lugar e tento não esquecer de passar um cheirinho. Porque mesmo que, quando eu disse que não gostava de passar perfume de manhã,você tenha dito que eu sou cheirosa pelo meu cheiro e não por causa de qualquer outro aroma pré-fabricado, é sempre bom quando ver sua carinha quando chega do meu pescoço meio que dizendo: ”um, que gostoso...”. E responder o meu “pode vir” satisfeito quando você me pergunta se já pode me pegar no trabalho.Rotina boa é almoçar junto e deitar depois do almoço e querer mais, mais,mais. E acordar com você me olhando e me dizendo o quanto eu sou preguiçosa. Rotina boa é ver que você não quer que eu vá embora,mesmo quando eu pensei que do meu doce você já está enjoando. Rotina boa é querer todo dia.

Saudações!

Decretado pela Rainha de Copas às 09:37 0 comments


A Rainha



menina de vinte poucos.
que viveu muito em pouco.
que sorriu pouco em muito.
que vive sorrindo muito.
mulher de vinte e poucos.
que sofre, ama e não cansa.
de buscar dias melhores,
dias mais felizes.
menina mulher que não cansa.
de sonhar. de viver. de sorrir.
de confiar. de ter fé.
mulher menina que muito em pouco
fez pouco de muito.
e agora é rainha mesmo
não sendo majestade.

menina moça mulher do naipe coração.



Correio Real mensageirodecopas@gmail.com

A Rainha no Twitter @ReinodoCoracao

A Rainha no Orkut:
 Perfil 

A Rainha no Twitter @ReinodoCoracao

A Rainha no Facebook
 Perfil da Rainha

O Reino no Facebook
 Curtir o Reino

Súditos
 . A Rua Dos Contos 
 . Elísios 
 . Florbela Espanca 
 . Bobo da Corte 
 . Escudeiro da Rainha de Copas 
 . Cavaleiro Real 

Era uma vez

.Maio 2006

.Junho 2006

.Julho 2006

.Agosto 2006

.Setembro 2006

.Outubro 2006

.Novembro 2006

.Dezembro 2006

.Janeiro 2007

.Fevereiro 2007

.Março 2007

.Abril 2007

.Maio 2007

.Junho 2007

.Julho 2007

.Agosto 2007

.Setembro 2007

.Outubro 2007

.Novembro 2007

.Dezembro 2007

.Janeiro 2008

.Fevereiro 2008

.Março 2008

.Abril 2008

.Fevereiro 2009

.Março 2009

.Abril 2009

.Maio 2009

.Junho 2009

.Julho 2009

.Setembro 2009

.Novembro 2009

.Dezembro 2009

.Janeiro 2010

.Fevereiro 2010

.Março 2010

.Abril 2010

.Maio 2010

.Junho 2010

.Julho 2010

.Agosto 2010

.Setembro 2010

.Outubro 2010

.Novembro 2010

.Dezembro 2010

.Janeiro 2011

.Fevereiro 2011

.Março 2011

.Abril 2011

.Maio 2011

.Junho 2011

.Julho 2011

.Agosto 2011

.Setembro 2011

.Outubro 2011

.Novembro 2011

.Dezembro 2011

.Janeiro 2012

.Fevereiro 2012

.Março 2012

.Abril 2012

.Junho 2012

.Julho 2012

.Agosto 2012

.Setembro 2012

.Outubro 2012

.Dezembro 2012

.Janeiro 2013


A Rainha Agradece
.Layout: Liannara
.Hospedagem:Blogger
.Comentários: Haloscan
.Imagem: Flickr