Eu já disse?

31.8.06

Eu já disse o quanto eu sou um poço de instabilidade? E o quanto eu queria ser paciência quando sou agonia e o quanto queria emoção quando sou calmaria? Eu já disse o quanto eu nunca sei ser satisfeita com nada que eu tenho? E o quanto a possibilidade de mudança é pra mim um perigo constante? Eu já disse o quanto meu coração bate forte [e adora, verdadeiramente falando] em situações de inusitado e de algo inesperado? E que mesmo gostando do novo, às vezes saber o que vem da curva pode ser bom? Eu já disse o quanto sinto que estou cansada do sobe desce dessa montanha russa, e não sei em qual dos brinquedos eu estou com vontade de andar? Eu já disse? Já disse que às vezes eu canso de falar e [mais uma vez, pra dizer a verdade] parece que as palavras me faltam mesmo quando eu continuo aqui falando sobre algo que nem eu sei se é ou se pode ser? Já? Já.

Saudações!

Decretado pela Rainha de Copas às 20:49 0 comments


Etiquetando

28.8.06

Falar seis coisas sobre mim é fácil quando uma pessoa que muda de cor e forma constantemente tem uma personalidade tão forte como a minha. E eis que aí surge a primeira delas: como um camaleão, adaptação definitivamente é o meu forte. Mas junto com qualidade, como toda boa faca de dois gumes, surge o gênio forte, a “birra” nossa de cada dia e ainda mais: a teimosia, daquelas que me fazem dar “murro” em ponta de faca com a plena e constante convicção de que é impossível prosseguir sem alcançar aquele objetivo. Enfim, eu sou pisciana. Com todas as alegrias e angustias que isso possa me trazer. Foram seis? Creio que fui eu. De coração e carne. Plena. Até a alma. Em poucas linhas, como sempre.

E como não posso deixar de repassar o bastão, eu espero que o   bobo da corte , a dama de companhia, o   escudeiro da rainha , a  princesa cor-de-rosa , a   vaca mais insana de todas  e a moça que está entre tantas digam com todo carinho seis coisas sobre cada um de vocês.

Saudações!

Decretado pela Rainha de Copas às 21:14 0 comments


As cores das paredes

27.8.06

Eu aprendi a pintar as paredes da minha vida. Aprendi a pintar da cor da minha alma. Mas o que eu entendi mesmo nisso tudo é que, quando a gente vai pintar, não basta passar a tinta por cima da cor que estava antes. É preciso toda uma preparação para não se misturar cores e ficar difícil separar onde termina uma e onde começa a outra. Que cor estão minhas paredes agora? Cor-de-rosa. Mesmo que muitos teimem em dizer que não é cor. Mas pra mim é mais que cor... É estado de espírito, comunhão de almas e sabor doce de sentimento correspondido.

Saudações!

Decretado pela Rainha de Copas às 18:58 1 comments


Sonho, realidade e papai noel.

24.8.06

Tão bom que é sonhar com esse mundo cor-de-rosa e imaginar que nunca vou ter pisar no chão... e ainda imaginar que meus pés sempre vão ter por base nuvens de algodão doce, cheirando a açúcar caramelado e levemente aromatizado com morangos. Imaginar que minha mão nunca terá que sentir frio e que meus pés sempre terão companhia... Tão bom é sonhar. Melhor seria abrir os olhos e ver que o sonho é realidade. Mas quando eu descobri que papai noel não desce pela chaminé da minha casa (até porque minha casa não tem chaminé), eu percebi que conto de fada, princesas e príncipes são mesmo esse fruto da minha imaginação que eu insisto em querer ver de olhos abertos. Será que o amor também é?

Saudações!

Decretado pela Rainha de Copas às 11:49 0 comments


Sobre meu caminho e ser feliz.

22.8.06

Quando eu decidi ser feliz, não foi assim tão simples. Não foi apenas me armar do meu melhor sorriso, deixar a alma leve e pimba! Não. Foi um pouco além e um pouco aquém. Foi abrir os braços, os olhos, a alma e, pouco a pouco, deixar entrar aqui neste coração, que dá nome ao meu naipe, um pouco dessa paz que só vem com os ritmos desse tum tum que eu tenho o privilégio de sentir quando encosto meu ouvido no teu peito. Foi me deixar levar e fincar meus sonhos no plano do realizável Porque quando eu caminho, pra conseguir em frente, eu preciso ter um pé no chão e o outro no ar. Você não?

Saudações!

Decretado pela Rainha de Copas às 01:40 0 comments


Enquanto o mundo dá voltas, passado vira presente e futuro vira passado.

21.8.06

Quando meu passado bate à porta, eu fico assim sem entender porquê, nem sei muito bem o que fazer. Fico querendo saber se é porque o futuro anda meio distante e eu fico aqui parada no presente ou se é porque meu passado tem coisas que serão do meu futuro e eu não consegui ainda perceber. Estranhamente eu começo a tentar imaginar as coisas de outro modo e talvez acreditar que a questão não é reviver o que passou, mas usar algumas das mesmas palavras e escrever um futuro diferente daquele que já se leu. E mesmo sem entender, eu abro a porta. Espero, olho no olho e pago pra ver se isso de que “o mundo dá voltas” vai funcionar por aqui também.

Saudações!

Decretado pela Rainha de Copas às 01:59 0 comments


Mistério, vulto e um pouco de surrealismo.

19.8.06

Engraçada mesmo é essa louca vida que nos faz crer em detalhes mínimos que acreditamos ser essenciais ao todo que nos cerca. Torna-se mais do que engraçada... um enigma que muitas vezes queremos desvendar e tornar mais claro, para que os dias se passem mais nítidos e menos misteriosos. Mas o que muitas vezes nós mesmos não entendemos é que esse mistério, esse todo cheio de detalhes e de graça é o grande motivo de muitas das coisas mais importantes nessa existência tão arrastada. É a causa de sorrisos, olhares, vontades e, estranhamente, de muitas lágrimas. Porque tudo isso e muito mais é necessário pra que esse vulto dificilmente palpável chamado vida seja assim essa realidade surreal que todos buscam todos os dias.

Saudações!

Decretado pela Rainha de Copas às 22:42 0 comments


Vermelho.

18.8.06

Cor de sangue. De amor. De paixão. De ódio. De sentimento. De extremismo. Cor de quem é forte e de quem é fraco. Cor do naipe coração e da riqueza. Cor. Muita cor. Mas nem todas, nem nenhuma. Muita sem ser tudo. Mas não necessariamente meio termo. Porque vermelho nunca é meio, nem fim. Pode ser começo. Porque paixão é começo. De cores ou da ausência delas. Cor de sangue. Do que corre em minhas veias quando tem lua, quando chove ou faz sol. Sempre. Vermelho. Paixão, amor, ódio. Mas sempre sentimento.E extremo.

Saudações!

Decretado pela Rainha de Copas às 11:05 0 comments


Sobre ser luz.

15.8.06

Quando ela surgiu no céu, assim, enorme e não necessariamente tão clara quanto se pode ser, eu comecei a entender que a perfeição nada tem a ver com luz. Entendi que a luz não pode ser assim tão clara e nem assim tão nada. Entendi que o meio termo é o ponto sensato daquele que consegue ponderar entre o tudo e o nada, o que é necessário. E mais do que entender, eu percebi que brilhar é parte inerente de qualquer ser do bem que pense em ajudar a diminuir a sombria existência de alguns que habitam a vida de cada um de nós. Sejam luz. Iluminem sem ofuscar. E ajudem sem machucar.

Saudações!

Decretado pela Rainha de Copas às 12:26 0 comments


Sonho e realidade

13.8.06

Quando eu quis simplesmente acordar hoje de manhã, meu rosto e minhas feições vieram acompanhados de um sorriso que ultimamente tem sido companheiro inseparável. E quando o sol esquentou minha pele, mostrando que um novo dia se fazia, eu senti uma leve caricia dos dedos da tua mão sobre a minha pele. E eu fecho meus olhos novamente. Parece que o sonho do qual eu nunca quero acordar se confunde com o que eu chamo de realidade. Minhas nuvens de algodão doce são o chão que eu piso. E mesmo de olhos bem abertos eu consigo sentir o cheiro do açúcar e a serenidade do teu sentimento.

Saudações!

Decretado pela Rainha de Copas às 17:45 0 comments


O que eu sou?

12.8.06

O que eu sou? Sou um coração e um sorriso juntos. Porque sonharam comigo e eu tinha uma coroa cheia de rubis e um coração pintado na boca. Porque pessoas que nunca me viram na vida sentem um carinho enorme por mim e querem meu bem. Porque na vida a gente compra tudo, menos esse sentimento tão especial que eu sei que na vida poucos tem o prazer de sentir e carregar que é a amizade. Porque eu sonho. Todos os dias. E eu vivo. Todos os dias. Meu sonho na minha realidade. Porque eu sou esse coração e esse sorriso. Mesmo. Apesar de tudo. Mesmo com tudo. E só me resta agradecer. Os sonhos, os carinhos, as palavras, os sentimentos. Muito. Obrigada.

Saudações!

Decretado pela Rainha de Copas às 16:11 0 comments


Jogo, viória e prêmio.

11.8.06

Aqui não é seguro. As palavras teimam em querer pular o muro e entrar onde não são queridas. Mas se palavras fossem só palavras, nada seria problema. Contudo, palavras conseguem ir além dos muros do meu reino e furar o bloqueio que toda e qualquer proteção possa representar. Nem mesmo seu fiel escudeiro consegue evitar que os efeitos da palavra proferida se materialize. Mas as palavras não vem de reinos distantes. o mais interessante é que o que dizem aquele que longe sempre estão em nada [nada mesmo] atinge. Nossos grandes inimigos [se é que eles existem] somos nós mesmos. Por confiar demais. Esperar demais. Acreditar demais.

E assim, nem tudo são flores e corações no reino da moça de copas. Pois o que seria olhar, sorriso, vida, esperança e amor... Hoje é rancor, seriedade, lágrima, solidão, distância e espera. Nada são flores. Nada são corações. E fazendo juz às copas, isso tudo vira um jogo. Esperando sempre a jogada do adversario para decidir o proximo movimento.

E eu, como pessima jogadora, espero ver suas canastas e aplaudo [de pé] sua vitória. Porque nesse jogo você vence, mas o prêmio é meu. O meu sorriso, apesar de tudo.

Saudações!

Decretado pela Rainha de Copas às 19:43 0 comments


Jogo de cartas marcadas

8.8.06

Num jogo de cartas marcadas, o que vale? Desistir e simplesmente esperar pelo resultado mais provável ou lutar contra o impossível mesmo que essa luta seja em vão? Ás vezes, creio não gostar de jogadas planejadas ou jogos previsíveis. Porque eu vejo meu coração bater mais forte mesmo é quando me vem o inesperado. Mas a surpresa é mesmo essa faca de dois gumes com a qual eu não consigo me acostumar. E por isso eu estou cada vez mais gostando disso de porto seguro. E cartas marcadas me fazem vencer sempre. Ganhando mais que o primeiro lugar no pódio, mas todos os benefícios que ele pode trazer.

Saudações!

Decretado pela Rainha de Copas às 08:45 0 comments


Angustia.

2.8.06

Angustia. Angustia pra mim é a falta de algo que eu sei que está perto mais não está ao meu alcance. Angustia pra mim é espera infinita por algo que julgamos essencial. Angustia pra mim é esse aperto no peito que sufoca, dói e arde. Angustia, quando junto com saudade e vontade... Se torna esse num sei o que, que existe e às vezes não sei o que fazer pra não sentir mais aqui tão dentro de mim.

Saudações!

Decretado pela Rainha de Copas às 09:08 0 comments


A Rainha



menina de vinte poucos.
que viveu muito em pouco.
que sorriu pouco em muito.
que vive sorrindo muito.
mulher de vinte e poucos.
que sofre, ama e não cansa.
de buscar dias melhores,
dias mais felizes.
menina mulher que não cansa.
de sonhar. de viver. de sorrir.
de confiar. de ter fé.
mulher menina que muito em pouco
fez pouco de muito.
e agora é rainha mesmo
não sendo majestade.

menina moça mulher do naipe coração.



Correio Real mensageirodecopas@gmail.com

A Rainha no Twitter @ReinodoCoracao

A Rainha no Orkut:
 Perfil 

A Rainha no Twitter @ReinodoCoracao

A Rainha no Facebook
 Perfil da Rainha

O Reino no Facebook
 Curtir o Reino

Súditos
 . A Rua Dos Contos 
 . Elísios 
 . Florbela Espanca 
 . Bobo da Corte 
 . Escudeiro da Rainha de Copas 
 . Cavaleiro Real 

Era uma vez

.Maio 2006

.Junho 2006

.Julho 2006

.Agosto 2006

.Setembro 2006

.Outubro 2006

.Novembro 2006

.Dezembro 2006

.Janeiro 2007

.Fevereiro 2007

.Março 2007

.Abril 2007

.Maio 2007

.Junho 2007

.Julho 2007

.Agosto 2007

.Setembro 2007

.Outubro 2007

.Novembro 2007

.Dezembro 2007

.Janeiro 2008

.Fevereiro 2008

.Março 2008

.Abril 2008

.Fevereiro 2009

.Março 2009

.Abril 2009

.Maio 2009

.Junho 2009

.Julho 2009

.Setembro 2009

.Novembro 2009

.Dezembro 2009

.Janeiro 2010

.Fevereiro 2010

.Março 2010

.Abril 2010

.Maio 2010

.Junho 2010

.Julho 2010

.Agosto 2010

.Setembro 2010

.Outubro 2010

.Novembro 2010

.Dezembro 2010

.Janeiro 2011

.Fevereiro 2011

.Março 2011

.Abril 2011

.Maio 2011

.Junho 2011

.Julho 2011

.Agosto 2011

.Setembro 2011

.Outubro 2011

.Novembro 2011

.Dezembro 2011

.Janeiro 2012

.Fevereiro 2012

.Março 2012

.Abril 2012

.Junho 2012

.Julho 2012

.Agosto 2012

.Setembro 2012

.Outubro 2012

.Dezembro 2012

.Janeiro 2013


A Rainha Agradece
.Layout: Liannara
.Hospedagem:Blogger
.Comentários: Haloscan
.Imagem: Flickr