30.9.10

"O eterno retorno é uma idéia misteriosa, e Nietzsche, com essa idéia, colocou muitos filósofos em dificuldade: pensa que um dia tudo vai se repetir tal como foi vivido e que essa repetição ainda vai se repetir indefinidamente! O que significa esse mito insensato?"

(A insustentável leveza do ser - Milan Kundera)

Acho que a resposta dessa pergunta me parece simples: significa simplesmente que não importa quantas vezes eu me encontre fugindo desse amor desenfreado, ele sempre me vem, me encontra, me abraça e me ama e faz amar de novo.

Saudações!

Decretado pela Rainha de Copas às 20:12 0 comments


29.9.10

Eu não quero saber o que ninguém disse. Pouco me interessa o que falou Platão, Sócrates ou qualquer desses ditos pensadores. Me basta saber que eu penso em você todos os dias, em todos os momentos de tic e nos de tac também. E, pra mim, o que importa mesmo é o que você tem a dizer. Só.

Saudações!

Decretado pela Rainha de Copas às 21:13 1 comments


28.9.10

Eu sei que agora tudo é transparente como água, que nunca foi tão claro. Eu entendi o episódio e você soube explicar. Mas isso não me faz sentir menos magoada ou menos triste. Isso não faz de você menos distante e mais meu. Hoje não há carinho, palavra, explicação que me faça ver as coisas de uma perspectiva mais esperançosa. Porque pra mim uma das coisas mais dificeis de se admitir é a derrota, mas hoje, especialmente hoje, eu sei que perdi uma batalha na qual nem cheguei a mostrar todas as minhas armas. Mas feliz é o guerreiro que admite perder sem estar morto e não mata pra não morrer.

Saudações!

Decretado pela Rainha de Copas às 09:15 0 comments


27.9.10

Eu quero muito mais cor. E de todas as cores, eu quero mais do vermelho. Porque de toda a paixão que eu senti na vida, a mais cruel é a que não se consegue ver, sentir, pegar, amarrar e guardar junto com as bonecas que eu ainda cuido arrumadas num canto especial do meu armário. Mas mesmo cruel, essa mesma paixão é a mais verdadeira, avassaladora, que me toma por inteiro e eu simplesmente não sei o que fazer dos meus dias se não imaginar como seria se fosse. E, no fim das contas, o que importa é que essa paixão é o mais próximo do amor da minha vida que eu algum dia fui capaz de chegar.

Saudações!

Decretado pela Rainha de Copas às 09:57 1 comments


25.9.10

Final feliz. É pedir demais?

Saudações!

Decretado pela Rainha de Copas às 18:34 0 comments


24.9.10

Céu. Inferno. Parece longe? Com você, eu vou de um ao outro em segundos. E meu sorriso sai correndo pela mesma porta que eu deixei aberta pra te ver entrar.

Saudações!

Decretado pela Rainha de Copas às 22:08 0 comments


22.9.10

Já perdi as contas de quantas vezes meu sorriso invadiu o meu rosto diante das palavras tuas. Não sei dizer de quantas formas diferentes eu já fui feliz nesse tempo em que me permiti ser. É dificil dimensionar o sentimento que eu pensei que tinha se perdido em um canto qualquer do quarto onde eu guardava as lembranças do que eu pensava ser alegria e hoje eu sei que eram apenas o ensaio da peça que é a minha vida hoje, onde eu sou personagem principal, mas o roteirista ainda anda brincando de esconde esconde com o tal do final feliz.

saudações!

Decretado pela Rainha de Copas às 16:02 2 comments


"Tenho pensado demais na verdade. A verdade da alma, do sentimento, do momento, da felicidade. A verdade sobre coisas simples que fazem a diferença no momento em que se escolhe viver de verdade ou se deixar levar pelo que chamo de medo. Medo da verdade que está diante dos olhos e ao alcance da mão. Medo de não ser verdade o que queria que não fosse sonho. E, enquanto dorme, não consegue perceber o tempo e os segundos que passam, deixando passar também a verdade e a mentira. Não sendo nada além de tempo perdido, vida perdida, amores perdidos. E a verdade, no fim de tudo, estará perdida em alguma esquina das curvas que se fez de olhos fechados, sem ver a beleza das flores na primavera e o quanto o outono pode ser maravilhoso em seus tons de laranja. Perdida embaixo de alguma folha ou monte de neve. Perdida. Só não mais perdida do que aquele que não conseguiu encontra-la, vive-la e senti-la."

São palavras soltas do dia 31.01.2007. Ou foi hoje?

Saudações!

Decretado pela Rainha de Copas às 03:25 1 comments


14.9.10

O que mais me faz falta é não fazer planos. Logo eu, essa menina sonhadora e que sempre está imaginando como o amanhã pode ser colorido e cheio de flores... Me faz falta não conseguir imaginar como minha vida vai ser daqui a um ano e tudo que me resta é imaginar como seria se pudesse ser. E isso, ainda assim, continua sendo um conjunto de frases cheias de metáforas e que parecem não ter sentido algum. É como imaginar o gosto de um sabor de sorvete sem nunca tê-lo provado. As cores se misturam e finalmente eu entendo aquilo que o proessor de ciências não tinha paciência alguma para explicar: a junção de todas as cores não resulta no preto, mas no branco. Na minha inocente prática de experimentalmente tentar entender, eu só via tudo preto. Mas hoje eu compreendo que a confusão de todas as cores misturadas me rendem um quadro branco, totalmente vazio de qualquer plano que eu poderia ter imaginado para um futuro que poderia ter sido se pudesse ser.

Saudações!

Decretado pela Rainha de Copas às 14:22 4 comments


13.9.10

Não te amo mais. Simples como fazer desaparecer toda e qualquer marca de batom que eu tenha deixado na tua pele, eu não amo mais. Porque não amar quem não nos traz os melhores sorrisos ou nos faz sentir a pessoa mais especial do mundo se torna quase tão insintivo quanto sobreviver.

Não te amo mais pelo simples fato de te ver não merecer esse amor tão bonito, sincero e cheio de renúncias que eu tinha guardado pra você. Por, simplesmente, você não ter mais da moeda de troca pra compra desse tempo que eu dispunha sempre.

Mas o que mais me dói é que dizer tudo isso não convence ninguém, nem mesmo a mim. Desaprendi a mentir, quase tanto quanto desaprendi a amar mais a mim que a você. Quem sabe outro dia...

Saudações!

Decretado pela Rainha de Copas às 13:53 0 comments


9.9.10

"Ontem eu pensei seriamente em aceitar suas virgulas, se você não encucar com minhas reticências. Quem sabe assim a gente permaneça cada dia mais perto, e tão longe de um ponto final."

Gabito Nunces.

Saudações!

Decretado pela Rainha de Copas às 16:34 0 comments


7.9.10

Por que você insiste em querer ser igual a todos os outros? Bom era quando você conseguia se exibir ser exatamente o homem que eu pensei que você nunca seria. Quando me surpreendia e mostrava que você não era do tipo que acreditava que o mundo girava em torno do buraquinho que você tem no meio na barriga. Bom era quando você largava tudo e todos (ou quase) e corria contra os ponteiros do único inimigo que nós tinhamos: o relógio. Mas o tempo passou e você nem sequer percebe que você mudou pra melhor em algumas coisas, mas em outras você conseguiu ser muito pior. Eu sei que o meu rancor faz com que todas as coisas sejam vistas com uma lente de aumento, eu sei. Mas, hoje, é o meu único jeito de ver o seu sorriso debochado e uma alegria que não vem por mim.

Saudações!

Decretado pela Rainha de Copas às 18:08 0 comments


4.9.10

Não tenho voz, fico muda. Não tenho forças.
Eu bem que merecia, mas não consigo me fazer ser feliz.

Saudações!

Decretado pela Rainha de Copas às 19:43 2 comments


Em dias ensolarados como esse, o que eu mais queria era água de côco, sombra e, no horizonte, a tranquilidade de um mar que eu não vejo há algum tempo. Queria poder fechar os olhos e não ter que abrir por motivo algum que não minha própria vontade. Queria pousar meus pés sobre qualquer monte de areia fria e sentir o vento levar toda a energia ruim que não pode habitar qualquer espaço que se faça próximo a mim. E queria tantas outras coisas que meu olhos não sabem pra onde olhar e minhas mãos o que tocar. É como se eu precisasse realmente ficar imóvel durante horas pensando no que fazer e qual rumo tomar. Sol, espera 10 minutinhos?

Saudações!

Decretado pela Rainha de Copas às 10:45 1 comments


A Rainha



menina de vinte poucos.
que viveu muito em pouco.
que sorriu pouco em muito.
que vive sorrindo muito.
mulher de vinte e poucos.
que sofre, ama e não cansa.
de buscar dias melhores,
dias mais felizes.
menina mulher que não cansa.
de sonhar. de viver. de sorrir.
de confiar. de ter fé.
mulher menina que muito em pouco
fez pouco de muito.
e agora é rainha mesmo
não sendo majestade.

menina moça mulher do naipe coração.



Correio Real mensageirodecopas@gmail.com

A Rainha no Twitter @ReinodoCoracao

A Rainha no Orkut:
 Perfil 

A Rainha no Twitter @ReinodoCoracao

A Rainha no Facebook
 Perfil da Rainha

O Reino no Facebook
 Curtir o Reino

Súditos
 . A Rua Dos Contos 
 . Elísios 
 . Florbela Espanca 
 . Bobo da Corte 
 . Escudeiro da Rainha de Copas 
 . Cavaleiro Real 

Era uma vez

.Maio 2006

.Junho 2006

.Julho 2006

.Agosto 2006

.Setembro 2006

.Outubro 2006

.Novembro 2006

.Dezembro 2006

.Janeiro 2007

.Fevereiro 2007

.Março 2007

.Abril 2007

.Maio 2007

.Junho 2007

.Julho 2007

.Agosto 2007

.Setembro 2007

.Outubro 2007

.Novembro 2007

.Dezembro 2007

.Janeiro 2008

.Fevereiro 2008

.Março 2008

.Abril 2008

.Fevereiro 2009

.Março 2009

.Abril 2009

.Maio 2009

.Junho 2009

.Julho 2009

.Setembro 2009

.Novembro 2009

.Dezembro 2009

.Janeiro 2010

.Fevereiro 2010

.Março 2010

.Abril 2010

.Maio 2010

.Junho 2010

.Julho 2010

.Agosto 2010

.Setembro 2010

.Outubro 2010

.Novembro 2010

.Dezembro 2010

.Janeiro 2011

.Fevereiro 2011

.Março 2011

.Abril 2011

.Maio 2011

.Junho 2011

.Julho 2011

.Agosto 2011

.Setembro 2011

.Outubro 2011

.Novembro 2011

.Dezembro 2011

.Janeiro 2012

.Fevereiro 2012

.Março 2012

.Abril 2012

.Junho 2012

.Julho 2012

.Agosto 2012

.Setembro 2012

.Outubro 2012

.Dezembro 2012

.Janeiro 2013


A Rainha Agradece
.Layout: Liannara
.Hospedagem:Blogger
.Comentários: Haloscan
.Imagem: Flickr