31.12.10

Eu poderia falar dois dois mil e onze motivos que eu tenho pra ser feliz a partir de amanhã. Mas a grande verdade nisso tudo é que trezentos e sessenta e cinco são motivos suficientes pra me fazer ter toda a esperança do mundo em um ano que precisa ser novo pra me deixar acreditar em um sonho que eu sonhei pra minha vida.

O ano acabou, muitas coisas/pessoas me fizeram olhar para dias tristes e desejar que tantas experiencias que me fizeram ser a pessoa que sou hoje nao tivessem me feito cinza. Mas para poder viver a pagina em branco do novo livro que eu sou pros doze meses que virão, eu precisei viver todas as semanas de um ano do qual eu não faço tanta questão assim de lembrar que foi vivido.

É hora de olhar para o livro cuja ultima pagina eu escrevi hoje, dizer "adeus ano velho", guardá-lo numa gaveta do criado [mais] mudo que houver e viver o novo, criar o novo, escrever o novo e sorrir [de] novo.

Saudações!

Decretado pela Rainha de Copas às 01:05 1 comments


30.12.10

Feliz 2000 e onze?
Ou 2000 e onze feliz?

Saudações!

Decretado pela Rainha de Copas às 15:21 1 comments


29.12.10

"...

- Bom, feliz talvez ainda não. Mas tenho assim... aquela coisa... como era mesmo o nome? Aquela coisa antiga, que fazia a gente esperar que tudo desse certo, sabe qual?

- Esperança? Não me diga que você está com esperança!

- Estou, estou."

Caio F.

Sasudações!

Decretado pela Rainha de Copas às 18:25 1 comments


28.12.10

Receita de ano novo

Misture no mesmo lugar as pessoas que ama, salpique um tanto de atenção com um pouco de carinho. Acrescente com todo cuidado duas partes de boas intenções e uma de atitude positiva. Mecha até receber sorrisos e ao ponto de prosperidade. Lembre-se de ser sincero ao fazer os preparativos e os pedidos de bonança quando for servir o banquete de sua felicidade.

por Sudito do Reino (http://suditodoreino.blogspot.com/)

Saudações!

Decretado pela Rainha de Copas às 23:39 0 comments


27.12.10

Só eu sei. Sei dos dias sozinhos dentro de casa, casa fria. Sei dos dias andando por ruas quase vazias cheias de coisas e pessoas que não fazem sentido algum. Sei dos momentos esperados e nunca alcançados na esperança do que sempre se acredita que pode ser melhor, ou ao menos que pode ser. Só eu sei. Sei dos olhares em tardes cheias de mistério e penumbra. Da alternância entre gestos bruscos e leves seguidos de silêncio e desejo. Sei do sentir-se sozinha, com saudade e com vontade. Sei dos dias mais cheios de música, cor e sentimento. Mas sei do fim, do ponto e, seguidamente, do cinza, do não e do cinza. Só eu sei. Do seco, do nada. Do nunca. Acredite, só eu sei de mim, de nós, do que foi e do que nunca mais será.

Saudações!

Decretado pela Rainha de Copas às 23:12 0 comments


24.12.10

Para comemorar o Natal, compartilho com vocês um texto inédito que foi publicado em uma revista de circulação local em uma parte do país. Presente de Papai Noel. Ele é incomum, longo, mas é da Rainha de Copas.

Enfim, Feliz Natal!

__________________________________________________________________


Enquanto todos esperam o Papai Noel, eu espero você. Porque realmente os meus dias do ano estão acabando e você, que foi o primeiro presente que eu pedi pro bom velhinho ano passado, ainda não chegou. E, com medo de ser pretexto pra sua não chegada, eu não desmontei a árvore do ultimo natal: ela ainda está lá, desde o dezembro passado à espera do meu presente mais importante. É que eu vivi em natais e viradas de ano passados um sentimento estranho de completa ausência, como quem carrega consigo uma cadeira vazia a tiracolo que sempre está prestes a se ocupar pela pessoa mais importante da minha vida: você.

Entre o dia 25 e o 31 festeiro, durante todos esses dezembros, eu só esperei e percebi que mesmo sendo esse mês maravilhoso, cheio do tal sentimento de solidariedade, de alegria, de vontade de ajudar o próximo e uma espiritualidade elevada, o último pedacinho do ano pra mim sempre se traduz em sonhar.

É impossível imaginar meus próximos doze meses sonhando diariamente com você, chega a ser quase doloroso. É como sentir o gosto de um doce que eu ainda não provei. Então, eu espero, sinceramente, que Noel lembre-se da boa mocinha que eu fui esse ano e em todos (ou quase) os outros e não se esqueça de te colocar dentro daquele saco enorme que eu, sinceramente, não sei como ele consegue carregar no trenó.

Mas, a grande verdade nisso tudo, é que pior que imaginar meu próximo ano sem meus dias acompanhados dos sorrisos teus, mais angustiante é pensar no ultimo dia deste. É como se quisesse começar o ano com beijos, abraços e esperança renovada. Como se quisesse que esse ano que precisa, de fato, ser novo não tivesse um minuto sequer que me lembrasse qualquer dos minutos de espera de outros anos, outros dezembros, outros natais. Porque, no fim das contas, eu já teria encontrado a única parte de mim que me faltava.

Então, não demore, não venha a pé, não descanse: me encontre. Peça ao cara de barba branca todas as referências das quais você possa precisar pra chegar na minha casa, no meu trabalho, na minha balada sem graça, na minha vida. Porque há muitos natais eu espero por você. E, tomara, esse seja o último. Que você me ajude a levar a cadeira que sempre foi sua e com a outra mão, você segure a minha, pra que eu volte a acreditar em sonhos reais novamente.

Saudações!

Decretado pela Rainha de Copas às 10:02 1 comments


21.12.10

Papai Noel,

Sabe o que eu quero? 365 novos motivos pra ser feliz.

Saudações!

Decretado pela Rainha de Copas às 18:43 1 comments


20.12.10

Querido Papai Noel,

Não sei se ainda adianta eu escrever pra contar de todas as coisas que eu queria ganhar ainda pra esse natal, afinal a "noite feliz" já é em poucos dias e meu coração inconstante e totalmente ansioso acaba decidindo de dois em dois minutos por coisas totalmente diferentes que queria ver sair desse seu saco enorme que você leva no trenó.

Acho que, no fundo, eu queria mesmo era que você já soubesse o que eu preciso antes mesmo de eu conseguir imaginar ou dizer e trouxesse. Pra que meus olhos brilhassem e meu coração disparasse: "era exatamente isso que eu precisava".

Mas, se nem eu sei, como pode um velhinho de barba branca que mora no Pólo Norte saber não é mesmo? Então o que me resta é esperar que meu coração bobo decida pelas coisas certas ou sua bola de cristal consiga descobrir e te contar o segredo dos meus sorrisos mais sinceros antes de você vir com suas renas voando pelo céu estrelado.

Saudações!

Decretado pela Rainha de Copas às 09:27 0 comments


17.12.10

De novo.

Eu mereço férias. Mereço praia, sol, piscina, amigos e familia, pés na areia e cabelos ao vento, água de côco gelada, coca-cola gelada e todo o resto. Mereço acordar mais tarde hoje, amanhã e depois, dormir mais tarde ainda, não me preocupar com a hora do almoço e nem em estar pronta pra trabalhar. Ah! Mereço não pensar em trabalhar.

E eu vou ter tudo isso, por três míseros dias. Mas eu merecia mais e merecia você também. E eu sei que, por essa parte, eu vou ter que esperar, de novo.

Saudações!

Decretado pela Rainha de Copas às 21:09 0 comments


16.12.10

Quando resolvi escrever as minhas linhas, a decisão envolvia um ser veemente na aplicação pro pronome possessivo: minhas linhas. Porque se você quiser realmente fazer parte delas, entre de cabeça, por inteiro e não deixe de fora pés, dedos, nem muito menos o coração. Venha de mala e cuia. Não esqueça nada. Mas o que não for bom, deixa pra lá, não traz, esquece, porque nas minhas linhas, nas folhas do livro da minha vida, nada disso entra.

Que venham letras, linhas, folhas, sentimentos e cores. Que venha você. Fazer parte dos meus dias, dos meus planos, até que você não seja parte e se torne todo. Aí não vai precisar de posse. Você será meu. Mas, mais que isso, o que houver, será nosso.

Saudações!

Decretado pela Rainha de Copas às 01:55 0 comments


13.12.10

"Ah, minha amiga, não sei porque a gente tem mania de achar que será capaz de mudar o que não muda; de salvar o que já foi destruído; de fazer diferença quando já nem importa mais... Não sei porque a gente acredita nesse amor-fênix! Não sei porque a gente insiste em bater na porta se não tem ninguém para abri-la para gente. Não adianta nada eu dizer para você desistir, porque a gente não tem poder nenhum sobre o coração. Mas reconhecer a derrota também é atitude dos bravos e valentes. Quando tudo que podia ser feito foi feito, o que resta é não fazer mais nada, já disse a Clarice."

Amiga, prometo que vou [tentar] seguir seu conselho.

Saudações!

ps.: a amiga é http://www.naoquerooutrolugar.blogspot.com/ - leiam. eu super indico.

Decretado pela Rainha de Copas às 21:50 1 comments


12.12.10

"Tá certo que o sonho acabou,
mas também não precisa virar pesadelo, não é?"

Caio F. Abreu

Saudações!

Decretado pela Rainha de Copas às 21:22 1 comments


Alguém pode gentilmente, ardorosamente, rapidamente, fervorosamente, de forma urgente chamar a polícia? É que um moço aparentemente com cara de bonzinho, prestativo, com alma caridosa, chegou de mansinho e, sem que eu entendesse realmente o que estava acontecendo, me levou o que eu tinha de mais precioso. Ainda batia quando ele levou. Batia forte, acelerado. E sangrava, muito, deixando pelo chão um rastro vermelho. E o buraco que ficou aqui é culpa dele. Toda dele.

A grande verdade é que, quando o encontrar, a sentença já estará pronta: prisão perpétua dentro de um coração feito de pedra, sem sangue, sem batidas aceleradas; um coração que não se rouba. No fim das contas, ele terá que morar dentro do próprio coração.

Saudações!

Decretado pela Rainha de Copas às 14:33 1 comments


10.12.10

Alguém tem ou conhece quem tenha um coração novo para emprestar, vender, arrendar? Por favor, tratar aqui, em caráter urgente.

Saudações!

Decretado pela Rainha de Copas às 22:16 0 comments


9.12.10

Hoje eu só quero saber dos meus sorrisos, das minhas flores, dos meus suspiros e das cores mais berrantes. Hoje eu só quero ser feliz, não há tempo para mais nada.

Saudações!

Decretado pela Rainha de Copas às 10:50 0 comments


8.12.10

Sabe qual o passo mais dificil de dar nos últimos dias? Exatamente o de não dar passo algum. Esperar por você e por uma atitude sua é, definitivamente, o mais complicado de realizar. Porque com todas as pessoas com as quais eu já me relacionei na vida, eu sempre entendia, sabia, [de certa forma] controlava o que estava por vir. E me fazia extremamente feliz. Hoje eu não sei. Minhas nuvens tem uma cor que não sei qual é, toca uma música que eu não sei que ritmo dançar e você esquece de me mostrar por qual caminho ir. No fim, eu não sei se sou alegre ou sou triste. E muito menos sei até quando vou aguentar esperar incondicionalmente pelo próximo passo.

Saudações!

Decretado pela Rainha de Copas às 16:29 0 comments


7.12.10

Finalmente creio que estamos chegando a um acordo: você me faz a mulher mais feliz do mundo e eu esqueço todo esse orgulho besta de fingir que eu não te amo tanto assim a ponto de me arrepender de todas as coisas mais bobas que nunca deveriam ter sido ditas. Façamos assim: eu ponho um sorriso no rosto, você pega na minha mão e a gente esquece toda essa besteira de acreditar que ficar longe serviu pra alguma coisa se não pra me fazer sentir ainda mais saudade de ver teu nome piscar no meu telefone. Porque, no fim das contas, a única verdade quem conta são as batidas no meu peito e as borboletas frenéticas que não me abandonam desde o dia que eu aprendi a ser sua e decidi não querer mais nada se não ser feliz ao lado teu.

Saudações!

Decretado pela Rainha de Copas às 01:05 3 comments


6.12.10

Acordei com o vazio do mundo. É como se não houvesse nada em mim, como se não tivesse vivido nenhum dia dos últimos dias. Um sentimento de ter acordado exatamente um segundo depois de ter nascido. Mas, grande, magoada, triste, ansiosa. Minha vida urge e a única coisa que sinto é uma enorme vontade de te ver.

Saudações!

Decretado pela Rainha de Copas às 09:17 0 comments


5.12.10

Estou com saudade de todas as coisas. Sinto falta de tudo que me preenchia em dias que era fácil sonhar de olhos abertos. Acabo me perdendo em caminhos que nunca quis trilhar, mas que se tornam unica opção por ver teu sorriso afastar o meu. Talvez teu tarde demais não entenda que todo dia é dia de ser feliz e começar a viver de novo. Eu quis. Mas não basta querer sozinha. Teus passos precisam procurar os meus, teus braços delimitarem o espaço físico que eu posso ser eu mesma e teu coração me contar a historia que eu preciso ouvir antes de dormir. Estou com saudade de todas as coisas, mas a saudade dos meus sorrisos ao lado do teu é a que mais me consome.

Saudações!

Decretado pela Rainha de Copas às 14:46 0 comments


4.12.10

A esperança do meu verde estava muito mais cinza que os meus olhos tristes ao te ver chegar. Aliás, não havia nada mais cinza em qualquer lugar do mundo que a felicidade que eu tentei demonstrar com sorrisos falsos, passos falsos, movimentos falsos e uma armadura falsa. Não consegui me proteger daquilo que me faria mais infeliz e nem salvar um momento que poderia ter sido alegre. Não houve brilho, comentário, cheiro, conversa, maquilagem que me escondesse dessa cor que me faz ser menos o sorriso que eu pensei que era.

Saudações!

Decretado pela Rainha de Copas às 12:46 0 comments


2.12.10

Hoje eu só queria que o telefone tocasse, o tempo voltasse e os dias felizes deixassem de ser pretérito mais-que-perfeito e passassem a ser um presente que nunca deveria ter deixado de ser.

Saudações!

Decretado pela Rainha de Copas às 09:05 2 comments


Bem-vindo, Dezembro! Mas, por favor, não fique tão à vontade. Pode resolver logo todas as suas pendências e se fazer ausente o mais rápido possível? Sabe, o novo me interessa. Não um mês novo, 30 dias não me bastam. Quero 365. Ou mais.

Saudações!

Decretado pela Rainha de Copas às 00:53 2 comments


A Rainha



menina de vinte poucos.
que viveu muito em pouco.
que sorriu pouco em muito.
que vive sorrindo muito.
mulher de vinte e poucos.
que sofre, ama e não cansa.
de buscar dias melhores,
dias mais felizes.
menina mulher que não cansa.
de sonhar. de viver. de sorrir.
de confiar. de ter fé.
mulher menina que muito em pouco
fez pouco de muito.
e agora é rainha mesmo
não sendo majestade.

menina moça mulher do naipe coração.



Correio Real mensageirodecopas@gmail.com

A Rainha no Twitter @ReinodoCoracao

A Rainha no Orkut:
 Perfil 

A Rainha no Twitter @ReinodoCoracao

A Rainha no Facebook
 Perfil da Rainha

O Reino no Facebook
 Curtir o Reino

Súditos
 . A Rua Dos Contos 
 . Elísios 
 . Florbela Espanca 
 . Bobo da Corte 
 . Escudeiro da Rainha de Copas 
 . Cavaleiro Real 

Era uma vez

.Maio 2006

.Junho 2006

.Julho 2006

.Agosto 2006

.Setembro 2006

.Outubro 2006

.Novembro 2006

.Dezembro 2006

.Janeiro 2007

.Fevereiro 2007

.Março 2007

.Abril 2007

.Maio 2007

.Junho 2007

.Julho 2007

.Agosto 2007

.Setembro 2007

.Outubro 2007

.Novembro 2007

.Dezembro 2007

.Janeiro 2008

.Fevereiro 2008

.Março 2008

.Abril 2008

.Fevereiro 2009

.Março 2009

.Abril 2009

.Maio 2009

.Junho 2009

.Julho 2009

.Setembro 2009

.Novembro 2009

.Dezembro 2009

.Janeiro 2010

.Fevereiro 2010

.Março 2010

.Abril 2010

.Maio 2010

.Junho 2010

.Julho 2010

.Agosto 2010

.Setembro 2010

.Outubro 2010

.Novembro 2010

.Dezembro 2010

.Janeiro 2011

.Fevereiro 2011

.Março 2011

.Abril 2011

.Maio 2011

.Junho 2011

.Julho 2011

.Agosto 2011

.Setembro 2011

.Outubro 2011

.Novembro 2011

.Dezembro 2011

.Janeiro 2012

.Fevereiro 2012

.Março 2012

.Abril 2012

.Junho 2012

.Julho 2012

.Agosto 2012

.Setembro 2012

.Outubro 2012

.Dezembro 2012

.Janeiro 2013


A Rainha Agradece
.Layout: Liannara
.Hospedagem:Blogger
.Comentários: Haloscan
.Imagem: Flickr