28.12.09

Sempre bate aquele desespero quando penso em acabar alguma coisa. E acabar um ano, ainda mais um ano cheio de tantas coisas importantes, mesmo algumas nem tão boas assim, dá uma ansiedade que esfria a barriga.

Mas quando eu ouço aquele "feliz ano novo" ou "que 2010 seja maravilhoso pra você" as borboletas batem asas desesperadamente e um sorriso, mesmo discreto, se abre no meu rosto, porque esperança sempre foi nome e sobrenome da pessoa que eu sou.

Então só resta aproveitar os últimos dias sendo feliz e esperar um ano novinho em folha, cheio de folhas brancas a serem escritas com cores e coisas boas.

Feliz 2010. E a gente se vê na primeira página do meu novo livro da minha nova vida.

Saudações!

Decretado pela Rainha de Copas às 19:01 0 comments


25.12.09

Esse ano, aquele pedido de "paz pro meu coração" nunca foi tão real, tão verdadeiro. Porque tudo que eu quero/desejo é o que me falta.

Nunca tive a ambição de ser e conseguir o que já tenho para ser/ter cada vez mais. Não. Eu só quero paz. Mas não aquela paz de calmaria que leva a monotonia e depois gera uma vida sem graça na qual eu nem saberia o que fazer, não saberia viver.

Eu não quero uma paz cinza. Quero paz cheia de cor, cheia de beijos e abraços. Quero paz acompanhada de suspiros no fim do dia, e coração querendo pular do peito. Paz acompanhada de faltas de ar e um tom cor-de-rosa com o qual eu sonho todos os dias.

Eu quero paz pro meu coração. E não preciso de dois mil e dez motivos pra isso. Basta um: eu mereço.

Saudações!

Decretado pela Rainha de Copas às 09:42 0 comments


23.12.09

Saudade dói.

É aquela dor aguda, que mais parece uma pontada de agulha no peito que nos faz imaginar que o coração vai sair correndo pela mesma porta que você deixou aberta ao ir embora.

Mas a grande verdade é que como eu sei que "mais cedo ou mais tarde" você vem aqui cobrar minhas dívidas, as quais eu faço tanta questão de pagar, que eu nem tenho tanta pressa de te escrever, de te ligar.

Saudade dói, mas esse frio na barriga e o sorriso no rosto fazem o ponteiro do relógio passar correndo. E você voltar voando.

Saudações!

Decretado pela Rainha de Copas às 23:14 0 comments


22.12.09

Estou verborrágica. Não consigo parar de falar. As letras nem se agrupam direito e as palavras já querem pular da minha boca. As frases mal se formam e querem ter seu espaço no mundo como um bebê prematuro que mal sabe respirar sozinho.

E mesmo que seja redundante, mesmo que tantas vezes eu corra risco de cometer homicidio contra minha própria lingua, eu não consigo pensar antes de falar. Vai saindo, correndo.

E eu só quero que você escute e consiga ver no meu tom de voz essa ansiedade, essa vontade, esse não sei o quê que me faz perder o fôlego toda vez que eu simplesmente penso em você. Pra que você me cale. E eu não precise dizer mais nada.

Saudações!

Decretado pela Rainha de Copas às 11:10 0 comments


21.12.09

E eu não consigo parar de falar de você, da nova eu, do que eu comecei a acreditar de novo, sentir de novo. Porque eu não conseguia mais respirar, olhar para os lados e nem ao menos ouvir meu coração bater.

Não tinha o que falar. Estava muda, cega, surda.

As asas das borboletas não dão folga de nem mais um minuto. Estou viva de novo.

Saudações!

Decretado pela Rainha de Copas às 23:26 0 comments


E quando eu penso que eu estou curada desse vicio incontrolável que é você, eu sinto teu cheiro, te olho e não consigo suportar a idéia nem ao menos de te perder de vista.

Entorpercida, eu me perco até te encontrar. Porque, pra mim, eu só me acho ao teu lado e só sou eu quando, finalmente, eu penso que aquele momento é eterno. Mas não é. E como naquela música que você insiste em cantar pra mim, você se vai, leva meu calor.

Contudo, algo aqui me diz que essa paixão não é em vão, e meu único medo é não saber bem ao certo se espero o tempo que for. Porque um dia eu fico limpa, livre. E, nesse momento, não há cheiro, olhar, sorriso que me convença.

Saudações!

Decretado pela Rainha de Copas às 10:56 0 comments


19.12.09

Eu queria não acreditar mais nesse sentimento maravilhoso que conhecemos como amor. Mas a grande verdade nisso tudo é que hoje eu só não acredito no seu amor, mas continuo acreditando em todos aquelas citações piegas que ninguém aguenta mais escutar, mas que ecoam na minha cabeça e no meu peito sempre que uma ponta de esperança na vida faz meu coração não parar de bater.

Porque ultimamente eu quero taquicardia. Pra ouvir meu coração bater e ter certeza que eu ainda vivo. Ainda acredito.

Saudações!

Decretado pela Rainha de Copas às 00:58 0 comments


17.12.09

Eu não sei o que pedir pro Papai Noel. Porque eu sei que o que falta na minha vida, não é ele, mas você que tem que me dar. É você que precisa aparecer da vespera e ficar. Me dar o beijo de bom dia e dizer que nunca mais eu vou precisar procurar por nada mais na vida porque você está lá pra completar toda a metade de mim que eu pensei que tinha encontrado.

Papai Noel não vai chegar com você enrolado numa fita vermelha e nem eu espero que isso aconteça. Ele vai chegar com nuvens cor-de-rosa e um cheiro de flor da manhã pra me acalmar, pra que eu tenha certeza que você vai chegar, só não sabe quando...

Talvez no natal do ano que vem eu já saiba.

Saudações!

Decretado pela Rainha de Copas às 10:14 0 comments


13.12.09

Eu chego. Eu, um dia, chego até aí e você vai perceber que eu quis de verdade, lutei e cheguei. Ao contrario de você, eu não deixei, não faltei, não consegui desculpas tão esfarrapadas como aquelas roupas que você insiste em não deixar sair do seu guarda-roupa.

Eu consigo. Eu, um dia, consigo te alcançar. E quando eu o fizer, você vai olhar pra mim e me pergutar pela minha varinha e meu cone. Porque fada [madrinha] sempre tem que ter aquele vestido esvoaçante e azul da cor do céu dos teus dias mais calmos.

E se eu não chegar, se não conseguir... Chega, consegue. E me prova que nesses meus "vinte e poucos anos" eu não aprendi nada ainda sobre esse tal sentimento que faz o céu ficar mais cheio de estrelas e as noites mesmo de lua nova tão lindas.

Saudações!

Decretado pela Rainha de Copas às 12:45 0 comments


12.12.09

Eu não canso. Como um oleiro e seus jarros de barro, eu não me canso de fazer, renovar, tentar, inovar. E se a forma acabar se perdendo, junto tudo e começo de novo.

Porque cada vez que eu vou fazer um dos meus jarros, eu sei que não adianta apenas dar forma externa. É preciso mais. Eu tenho que colocar a mão por dentro e dar a forma perfeita para que a aparência valha a pena.

Eu não canso de me moldar e dar forma a todas as coisas que precisam. Porque nuvens de algodão doce e cheiro de barro molhado, terra depois da chuva e o cheiro do teu cangote são as mãos que moldam minha alma.

Saudações!

Decretado pela Rainha de Copas às 11:42 0 comments


Manual.

6.12.09

Quanto mais eu tento entender, menos eu chego perto de qualquer explicação plausível para esse quadro que você pinta da sua vida.

E eu acho mesmo que cada uma de nós deveria vir com um manual. Daqueles bem explicativos, para que ficasse simples não só viver com você mas aprender a não viver.

Porque ganhar um presente novo e ficar com aquele brilho nos olhos nos primeiros momentos do dia só de pensar que se tem o dia todo pra aproveitar, não ter é cinza. Não poder é cólera. E, no fim das contas, o melhor era, talvez, nem ter ganho nada.

Saudações!

Decretado pela Rainha de Copas às 02:52 0 comments


Luz.

1.12.09

Quanto mais fundo, mais estranho. Quanto mais escuro, mais sozinho. Quanto mais triste, mais distante. Quando mais calado, menos vivo.

E, no fim, só resta a esperança de que os olhos não esqueçam de como era bom quando havia luz.

Saudações!

Decretado pela Rainha de Copas às 00:19 0 comments


A Rainha



menina de vinte poucos.
que viveu muito em pouco.
que sorriu pouco em muito.
que vive sorrindo muito.
mulher de vinte e poucos.
que sofre, ama e não cansa.
de buscar dias melhores,
dias mais felizes.
menina mulher que não cansa.
de sonhar. de viver. de sorrir.
de confiar. de ter fé.
mulher menina que muito em pouco
fez pouco de muito.
e agora é rainha mesmo
não sendo majestade.

menina moça mulher do naipe coração.



Correio Real mensageirodecopas@gmail.com

A Rainha no Twitter @ReinodoCoracao

A Rainha no Orkut:
 Perfil 

A Rainha no Twitter @ReinodoCoracao

A Rainha no Facebook
 Perfil da Rainha

O Reino no Facebook
 Curtir o Reino

Súditos
 . A Rua Dos Contos 
 . Elísios 
 . Florbela Espanca 
 . Bobo da Corte 
 . Escudeiro da Rainha de Copas 
 . Cavaleiro Real 

Era uma vez

.Maio 2006

.Junho 2006

.Julho 2006

.Agosto 2006

.Setembro 2006

.Outubro 2006

.Novembro 2006

.Dezembro 2006

.Janeiro 2007

.Fevereiro 2007

.Março 2007

.Abril 2007

.Maio 2007

.Junho 2007

.Julho 2007

.Agosto 2007

.Setembro 2007

.Outubro 2007

.Novembro 2007

.Dezembro 2007

.Janeiro 2008

.Fevereiro 2008

.Março 2008

.Abril 2008

.Fevereiro 2009

.Março 2009

.Abril 2009

.Maio 2009

.Junho 2009

.Julho 2009

.Setembro 2009

.Novembro 2009

.Dezembro 2009

.Janeiro 2010

.Fevereiro 2010

.Março 2010

.Abril 2010

.Maio 2010

.Junho 2010

.Julho 2010

.Agosto 2010

.Setembro 2010

.Outubro 2010

.Novembro 2010

.Dezembro 2010

.Janeiro 2011

.Fevereiro 2011

.Março 2011

.Abril 2011

.Maio 2011

.Junho 2011

.Julho 2011

.Agosto 2011

.Setembro 2011

.Outubro 2011

.Novembro 2011

.Dezembro 2011

.Janeiro 2012

.Fevereiro 2012

.Março 2012

.Abril 2012

.Junho 2012

.Julho 2012

.Agosto 2012

.Setembro 2012

.Outubro 2012

.Dezembro 2012

.Janeiro 2013


A Rainha Agradece
.Layout: Liannara
.Hospedagem:Blogger
.Comentários: Haloscan
.Imagem: Flickr