31.3.10

E no pingo dos i do teu sim eu encontro o meu sorriso mais fácil e uma sinceridade que eu buscava há tempos entre meus dias mais cinzas. É nas virgulas entre nossos dias, que encontro paciência para esperar e fôlego para continuar. No til dos nãos que eu preciso escutar, você fala de tal forma que eu até chego a achar melhor assim. Você me convence, transforma, alegra e, simples assim, me faz bem.

Porque você ser perfeito aos meus olhos, não te exime de qualquer defeito que por ventura possam vir a apontar no quadro que você pinta da sua vida, mas te faz melhor por querer me ajudar a pintar o da minha.

Saudações!

Decretado pela Rainha de Copas às 11:31 0 comments


29.3.10

Eu tenho vicios. Muitos. Daqueles que entorpecem e eu não consigo respirar se não suprir minha dose diária. Mas o que acontece com a maioria deles é que eu simplesmente abuso. A palavra é meio essa mesmo: abuso. Não quero, não aguento nem ao menos sentir o cheiro.

E o melhor em saber disso tudo, é que dos meus vicios, você é daquele que não se abusa. Ao contrário, quanto mais se tem, mais se quer. Pode parecer piegas, clichê, mas com você eu não me sinto brega. Ou sinto e tenho vontade/orgulho de ser.

Acho que no fim das contas, não importa quanto tempo se passe, esse sentimento só cresce, toma conta de todos os cantos dos meus dias, das minhas noites e do espaço que eu pensei que ia ficar meio vazio durante muito tempo na minha vida.

Vcoê é o melhor vicio que eu poderia pensar na vida em ter.

Saudações!

Decretado pela Rainha de Copas às 15:13 0 comments


23.3.10

Queria que viver o amor fosse assim tão fácil como descrevê-lo. Queria que os sentimentos fossem realmente essa coisa tão palpável e o coração não fosse esse grande músculo que independe da nossa vontade para continuar pulsando [ou não] e que não nos pede opinião quando simplesmente parece querer sair correndo do peito. É preciso mais que força para segurá-lo.

Queria que cada um tivesse seu manual e esse joguinho cheio de brincadeiras de esconde-esconde sempre terminasse com um beijo que tirasse o fôlego e te fizesse faltar o chão. Queria que o amor fosse como uma loja de brinquedos onde tudo está bem organizado nas prateleiras divididos pela idade para o qual é indicado e mostrando quais os riscos que ele pode trazer.

Mas no fim das contas, eu acabo não querendo, mesmo, de verdade, nada disso. Porque o bom mesmo nisso tudo é ganhar o presente, brilhar os olhos e ir abrindo o embrulho, sem a mínima idéia do que virá, mas que é bom só de imaginar.

Saudações!

Decretado pela Rainha de Copas às 10:29 0 comments


19.3.10

Quando finalmente as coisas parecem ocupar o seu devido lugar, vem a vida e te dá uma rasteira sem tamanho... Daquelas que até antes de tentar levantar, você precisa olhar pros lados com um certo receio e falta de orientação buscando a justificativa para aquele momento tão inesperado e cheio de amargo.

Mas o que nem sempre entendemos [e demoramos a entender] é que o lugar que designamos para cada um e cada coisa, nem sempre acaba sendo onde vão permanecer para sempre.

Pode ser que em um ou dois anos, o desajuste se mostre tão evidente que o compasso se perde e não se consegue mais acompanhar a melodia. Mas também ocorre de uma vida inteira ser necessaria para perceber o tempo que se perdeu sendo triste e insistindo nessa mesma infelicidade.

E no fim das contas fica a lição: nenhuma lágrima vale mais que qualquer minimo sorriso. E não há coisa alguma que pague um segundo sem ser feliz.

Daqui alguns anos você vai rir disso tudo, então, comece a sorrir agora.

Saudações!

Decretado pela Rainha de Copas às 17:35 0 comments


12.3.10

E quando eu penso em quando, eu consigo me alegrar. Porque você é meu futuro, presente e passado. E faz parte de tudo que eu fui, sou e quero ser. E, na verdade, não precisaria de explicação. Basta olhar e ver que nossa felicidade é assim do tamanho do inimaginavel mundo que criamos pra nós.

E quando eu penso em onde, meu sorriso vem fácil. Porque é no teu peito que eu criei meu ninho e é nele que vou viver o resto dos muitos dias que eu espero ainda ter com você, recriando esse nós que sempre foi tão presente.

E quando eu penso em porquê, eu sei que não preciso responder. Porque as razões são tão óbvias e, ao mesmo tempo, eu não sei dizer, enumerar. Basta colocar a mão no meu peito e sentir. Afinal, é isso que resume tudo: o que eu sinto. É mágico. E mágica não se explica. Apenas se vive.

Saudações!

Decretado pela Rainha de Copas às 13:47 0 comments


11.3.10

A felicidade é mesmo esse grão de carbono que brilha mais que tudo no mundo perdido no meio do deserto.

E pra chegar até ele, é preciso sentir sede, calor, cansaço, e até pensar em desistir. Porque aí é o momento em que finalmente saberemos dar o real valor para o que encontraremos pela frente.

E quando estamos prontos, conseguimos ver, de longe, as coisas certas. É possivel distinguir a areia do diamante, encontrar a tal agulha no palheiro, e todos os ditados populares mais piegas começam a realmente fazer sentido.

Porque o sorriso vem fácil. E não há mais cinza. É tudo cor.

Saudações!

Decretado pela Rainha de Copas às 11:11 0 comments


7.3.10

É incrivel como a vida consegue dar voltas de 180° em menos de um minuto, literalmente. E o melhor é conseguir aprender que tais voltas não nos fazem perder o chão. Ao contrário. Nos fazem finalmente firmar nossos pés para, finalmente, [mesmo que por algum tempo] conseguir olhar pras coisas da vida com mais racionalidade que em qualquer momento anterior.

No fim das contas, não importa o quão difícil possa ser perder, sofrer, chorar. Porque aprender a levantar, reaprender a sorrir e sacodir a poeira é tão importante que nos fazem entender que realmente "o que não nos mata, nos fortalece".

E, mesmo que não tivesse aprendido nada disso, ao menos entenderia, claramente, o lugar que eu sempre ocupei na sua vida: lugar nenhum.

Saudações!

Decretado pela Rainha de Copas às 09:43 0 comments


4.3.10

27. Eu sempre fiz planos pros meus vinte e sete. Mas o que eu não imaginava era que eu, com vinte e sete, não iria me sentir praticamente aos trinta. Porque era assim que eu imaginava... Que a medida que o tempo passasse, os anos iam ficando menores e que, por exemplo, aos trinta eu iria me sentir praticamente beirando os quarenta.

Contudo, eu aprendi que não é essa a dinamica da vida. Os anos, aos vinte e sete, continuam tendo 365 dias e, creio eu, que quando eu chegar aos quarenta ainda vai ser assim. Pouca coisa muda. Porque o que muda mesmo somos nós. É o quanto o coração está [ou não] receptivo pra coisas novas, ou o quanto você ainda se surpreende com certas atitudes de certas pessoas. Com o tempo, tudo vai ficando... Normal.

E o que mais se quer é ser e que sejam felizes no [pouco] tempo que resta. Porque nessa vida é só isso que se quer: sorrisos, abraços apertados e uma pitada de cor.

Saudações!

Decretado pela Rainha de Copas às 11:17 0 comments


3.3.10

E o mais interessante da vida é esse jogo de gato e rato que a gente brinca com a felicidade.

É como se a todo instante desejássemos o sorriso esteja no rosto, as lágrimas longe e a euforia no peito. E o que não se entende é que ninguém vive de euforia e se alimenta de gargalhadas. Porque nem tem tanto valeria um sorriso sincero se não se conhecesse a angústia e a solidão.

Infelizmente [ou não] temos que agradecer sentir saudade, aperto, ansiedade. Porque é esse o tempero maravilhoso desse conjunto de momentos que nós chamamos de dia-a-dia. Porque sem ele, o colorido perderia a graça. E, no fim das contas, entendemos porque o papel onde vamos começar nossas lindas é sempre branco: pra dar gosto de pintar.

Saudações!

Decretado pela Rainha de Copas às 13:38 0 comments


A Rainha



menina de vinte poucos.
que viveu muito em pouco.
que sorriu pouco em muito.
que vive sorrindo muito.
mulher de vinte e poucos.
que sofre, ama e não cansa.
de buscar dias melhores,
dias mais felizes.
menina mulher que não cansa.
de sonhar. de viver. de sorrir.
de confiar. de ter fé.
mulher menina que muito em pouco
fez pouco de muito.
e agora é rainha mesmo
não sendo majestade.

menina moça mulher do naipe coração.



Correio Real mensageirodecopas@gmail.com

A Rainha no Twitter @ReinodoCoracao

A Rainha no Orkut:
 Perfil 

A Rainha no Twitter @ReinodoCoracao

A Rainha no Facebook
 Perfil da Rainha

O Reino no Facebook
 Curtir o Reino

Súditos
 . A Rua Dos Contos 
 . Elísios 
 . Florbela Espanca 
 . Bobo da Corte 
 . Escudeiro da Rainha de Copas 
 . Cavaleiro Real 

Era uma vez

.Maio 2006

.Junho 2006

.Julho 2006

.Agosto 2006

.Setembro 2006

.Outubro 2006

.Novembro 2006

.Dezembro 2006

.Janeiro 2007

.Fevereiro 2007

.Março 2007

.Abril 2007

.Maio 2007

.Junho 2007

.Julho 2007

.Agosto 2007

.Setembro 2007

.Outubro 2007

.Novembro 2007

.Dezembro 2007

.Janeiro 2008

.Fevereiro 2008

.Março 2008

.Abril 2008

.Fevereiro 2009

.Março 2009

.Abril 2009

.Maio 2009

.Junho 2009

.Julho 2009

.Setembro 2009

.Novembro 2009

.Dezembro 2009

.Janeiro 2010

.Fevereiro 2010

.Março 2010

.Abril 2010

.Maio 2010

.Junho 2010

.Julho 2010

.Agosto 2010

.Setembro 2010

.Outubro 2010

.Novembro 2010

.Dezembro 2010

.Janeiro 2011

.Fevereiro 2011

.Março 2011

.Abril 2011

.Maio 2011

.Junho 2011

.Julho 2011

.Agosto 2011

.Setembro 2011

.Outubro 2011

.Novembro 2011

.Dezembro 2011

.Janeiro 2012

.Fevereiro 2012

.Março 2012

.Abril 2012

.Junho 2012

.Julho 2012

.Agosto 2012

.Setembro 2012

.Outubro 2012

.Dezembro 2012

.Janeiro 2013


A Rainha Agradece
.Layout: Liannara
.Hospedagem:Blogger
.Comentários: Haloscan
.Imagem: Flickr