29.6.11

Não consigo mais falar de ausência, de infelicidade, de traição, de falta de amor. Porque a metade de mim que procurava por todas as coisas que me faltavam encontrou finalmente o amor que preencheu todos os cantos e espaços de um dia que andava vazio, todos os planos e sonhos que não sabiam mais onde colocar porque aquela caixinha que eu guardava no meu criado mudo já não cabia mais em si de tantos que eram, de tontos que eram e perdidos que sempre foram. Mas, por mais que ainda fale de saudade, esperança, vontade e todas essas coisas, eu tenho você, que sempre foi meu e todos os sonhos que eu tenho hoje são mais reais do que qualquer um dos que eu já tive. Porque eu descobri que a melhor forma de me encontrar foi me perder na sua vida.

Saudações!

Decretado pela Rainha de Copas às 23:20 8 comments


Parece mágica. Como quem vive num mundo em que tapetes voam, lâmpadas são moradas de gênios e maças podem vir envenenadas, meus olhos procuram as palavras que me levam pra perto de você em uma fração de segundo. Porque, mesmo tão longe do toque dos seus dedos e distante da vida que poderemos chamar de nossa, você se faz mais presente do que qualquer um que esteja verdadeiramente ao meu lado. E, no fim das contas, o que eu não consigo entender ainda é como você consegue me fazer tão feliz mesmo com tudo e todos dizendo que é impossível. E você me ensina que impossível é uma palavra que não existe no livro da nossa vida juntos e talvez isso explique todas as coisas.

Saudações!

Decretado pela Rainha de Copas às 10:11 8 comments


27.6.11

Eu acredito. No auge dos meus tantos anos, eu continuo acreditando na felicidade, nos príncipes encantados e no amor de verdade. Acho até que acredito mais hoje do que antes, porque já encontrei as bruxas, os bichos de sete cabeças, todos os vilões e sapos que não se transformam em nada de bom. Mesmo hoje, depois de tantos encontros e desencontros, eu continuo acreditando em finais felizes. Porque meu nome é julianna, que vem de júlia e significa juventude. Então, quem disser que meus trinta e poucos anos significam qualquer coisa diferente de uma alegria que não cabe em mim, está bem longe de conhecer a mulher que eu sou.

Saudações!

Ps.: Ju, a Rainha não poderia deixar de escrever pra você. Mesmo um pouco atrasada.

Decretado pela Rainha de Copas às 14:28 8 comments


26.6.11

Lucy ama Schroeder.
E eu tenho um Schroeder pra chamar de meu que me ama também.


"(...)
– Ué, escrevendo sobre a importância da música na vida da pessoa. Da música na vida da pessoa.
– Como? – questionou novamente sem mudar a expressão.
– Falando da música, mas não aquela música qualquer, mas a música mesmo. Aquela. Aquela que marca a pessoa, a que não sai dela.
– Tipo, uma música preferida?
– Podemos dizer que sim. Foi mais uma carta romântica. Da pessoa pra música.
– Foi... ãhn, personificou a... música?! – as sobrancelhas començando se juntar no meio da testa.
– Exatamente. A música como pessoa. E pessoas são importantes para outras pessoas. Só não tenho certeza se elas vão aceitar muito bem a minha idéia.

Ele ficou quieto, com um careta de interrogação.

– Você não entendeu, né? – riu – Qual a importância da música na vida das pessoas? Da música – disse apertando os braços dele e os sacudindo – na vida das pessoas, na vida de todos?

Ficou quieto.

– Na minha vida?! – questionava–o com delicadeza nos olhos e se remexando muito para falar aquela parte. – Ah, agora você tem que entender!

Ele ficou sem responder, olhando confuso para ela. Ela prosseguiu.

– Está bom, eu explico. – parou por um segundo – Não importa. Que seja desde a voz estridente da Janis Joplin a voz super grave do Louis Armstrong, daquela guitarra fritada do Iron Maiden ou do piano do Chopin. A música é importante na vida das pessoas, na minha vida, – e muito, diga–se de passagem –, porque você é a minha música! A música com os arranjos mais coloridos, com a melodia mais doce, com as notas mais macias, com o tom que tem o seu perfume. Você é tudo isso. – sorriu tímida – Eu escrevi uma carta minha para você, por isso eu não tenho certeza se eles vão aceitar muito bem. – parou novamente, tomando um jeito mais informal – Mas bom, eles não específicaram o que queriam como música, então eles não podem reclamar, deixei bem claro que você era a música. E eu expliquei a importância.

Ele ficou ainda parado, sem palavras.

– Mas enfim, não faz mal, você não precisa dizer nada! Você não viu aquela redação e nunca vai ver, tudo bem, a única coisa que eu quero é que eu seja a sua música também. Não ligo de ser aquele sertanejo brega, mas que até tem a letra bonitinha. Eu não ligo nem de ser seu instrumento. Faz de mim o seu violão, sua guitarra, sua bateria, o piano que você toca tão bem. Desde que o seu som saia de mim, aquela melodia que você mais gosta. Você não precisa falar nada, eu só quero ser.

Ele ficou quieto de novo e sorriu.

– Citar o sertanejo estragou todo o seu monólogo romântico.
– Idiota. – xingou com um sorriso.
Ele a abraçou.

– Você é e sempre foi a melodia que eu mais gosto. Você é aquele violão por qual você se apaixona antes mesmo de botar as mãos.
E então, quando você finalmente o toca e vê o som lindo que sai dele... – suspirou, olhando firme nos olhos dela – Você é isso, você é mais que o piano que diz que eu toco tão bem, é mais que a minha melodia.
– Eu sou a sua música predileta?
– É a uma das faixas finais, aquelas que ninguém chega a escutar direito. Mas eu escutei. Escutei e gostei tanto que apertei o "loop", agora ela fica tocando sem parar.

Ele continuou.

– É a minha composição inteira, com as cordas, teclas, sopro, voz e percussão."

Saudações!

Decretado pela Rainha de Copas às 09:53 3 comments


23.6.11

Meu melhor presente é você. Eu posso ganhar um shopping inteiro ou todas as coisas que também pode se comprar fora dele, não importa: meu melhor presente é mesmo você. Você e essa sua vontade insaciável de me fazer feliz. E é por isso que eu te amo tanto: por todas as vezes que mesmo triste, incrivelmente triste, você foi exatamente quem eu sempre esperei pra me trazer os melhores e mais sinceros sorrisos que qualquer um pode trazer emoldurado pelos dois olhos mais saudosos que só eu sei como usar para olhar os seus. No fim das contas, você até sorri para me fazer rir. Quem quer mais que isso?

Saudações!

Decretado pela Rainha de Copas às 17:55 0 comments


Eu não preciso mais de remédios, não preciso de visitas ao médico ou qualquer coisa que procure entender o que se passa comigo nessas noites de dor compulsiva ou nos momentos de alegria que transbordam os olhos, a pele e todo o limite do meu corpo. Eu preciso de você, das suas palavras, do seu abraço, seu cheiro, seu apoio e todas as coisas que me fazem entender definitivamente que meu sorriso acompanhado do teu é a melhor coisa que poderia ter me acontecido na vida. Porque "o teu amor me cura de uma loucura qualquer..."

Saudações!

Decretado pela Rainha de Copas às 09:08 0 comments


22.6.11

Sempre desprezei as coisas mornas, as coisas que não provocam ódio nem paixão, as coisas definidas como mais ou menos, um filme mais ou menos, um livro mais ou menos.
Tudo perda de tempo.

Viver tem que ser perturbador, é preciso que nossos anjos e demônios sejam despertados, e com eles sua raiva, seu orgulho, seu asco, sua adoraçao ou seu desprezo.

O que não faz você mover um músculo, o que não faz você estremecer, suar, desatinar, não merece fazer parte da sua biografia.

Martha Medeiros

Saudações!

Decretado pela Rainha de Copas às 22:53 2 comments


Ontem você teve o dia mais longo do ano. Mas a verdade é que para mim é dificil escolher o mais longo deles. É difícil escolher quando contei mais para que as horas passassem rápido e os minutos voando. Porque eu sempre quis poder controlar a velocidade dos ponteiros de um dos meus únicos inimigos: o rélogio. Enquanto o calendário insiste em colocar tantos meses entre hoje e o dia em que finalmente estaremos juntos novamente, a distância parece querer a todo instante querer aumentar e te levar para cada vez mais longe.

Relógio, calendário, distância... Contra tantos vou ter que lutar pra poder finalmente não viver o meu final feliz com o qual ando sonhando todos os dias?

Saudações!

Decretado pela Rainha de Copas às 12:49 0 comments


21.6.11

Não aguento mais esperar. Não consigo mais simplesmente ficar olhando todos os sorrisos com os quais sempre sonhei correndo e gritando o meu nome enquanto fico a esperar o tempo passar. Na verdade, nunca entendi bem qual o sentido que há em esperar o tempo passar por motivo nenhum. Aliás, nunca entendi qualquer coisa que possa tentar me convencer a ficar longe do futuro que eu tanto já esperei para viver.

Não consigo mais esperar. É uma ansiedade que me toma todos os cantos e me convence facilmente a querer fazer um não sei o quê que me leve pra mais perto de você, da nossa vida e das linhas que escreveremos juntos. Mas aí vem o Caio* e me explica que "o que vale a pena possuir, vale a pena esperar."

Saudações!

*Caio Fernando de Abreu.

Decretado pela Rainha de Copas às 08:18 2 comments


20.6.11

Querida Súdita,

Acredite: finais felizes não surgem, não aparecem como mágica. Ele é construído. Mas a verdade é que esperar que a felicidade, o amor da sua vida e todas as coisas que estão reservadas pra você te tomem assim logo nos primeiros amores e pronto... é pedir muito. Aliás, é pedir pouco. Porque se assim for, você terá vivido em menos de um terço da sua vida todas as alegrias que se pode ter. Então, você precisa sentir todas as armaguras de um final triste, que nada mais é do que meio, página virada, linha torta de um livro que você mal começou a escrever. Essa tristeza, essa frustração, essa saudade é parte do caminho que você precisa traçar pra conseguir reconhecer a felicidade e se agarrar a ela com unhas, dentes, braços, pernas e alma quando finalmente ela chegar. Por isso, viva sua tristeza, tire dela o maior proveito de todos: crescimento. E quando tudo isso passar, você vai se conhecer mais adulta, mais mulher, mas todas as coisas que você precisa ser pra chegar finalmente no seu "happy end". E eu espero ainda poder escrever linhas e soltar palavras por aí pra poder te ver me contar dos teus dias felizes também.

Saudações!

Ps.: Sim, eu respondo os emails que recebo. Alguns por e-mail. Alguns por aqui. OU alguns por e-mail e por aqui.

Decretado pela Rainha de Copas às 07:54 4 comments


19.6.11

Eu queria esquecer quão distante você está. Queria poder imaginar que você vem no inicio da noite me levar prum jantar em qualquer lugar que vai entrar pra nossa coleção de lugares que não mais esqueceremos. Queria pensar que talvez no domingo a gente possa começar a assistir metade dos filmes que estão em cartaz no cinema e eu ainda não me animei pra assistir. Queria poder esquecer de todos os muros que nos fazem ficar distantes um do outro. Queria mesmo era poder ser mais uma vez nós dois de novo, sem distância, sem muros, sem nada.

Saudações!

Decretado pela Rainha de Copas às 11:34 0 comments


18.6.11

E hoje eu sei que minha casa não é mais o meu lar, meu trabalho não é mais meu refúgio e meu mundo não é mais meu. Descobri, do jeito mais doce que existe, que nada do que eu trilhei, construí, busquei... faz mais sentido. Porque o seus braços são meu novo lar e o futuro que quero construir ao teu lado são os rabiscos da vida feliz que eu um dia vou chamar de nossa. E a grande verdade nisso tudo é que "de repente a vida te vira do avesso, e você descobre que o avesso é o seu lado certo."

E você? Onde fica o seu lar?

Saudações!

Decretado pela Rainha de Copas às 14:35 2 comments


Lições do amor - Parte II

Não desista. Não é porque você não encontrou o verdadeiro amor que vai durar pro resto da vida na primeira, na segunda ou na terceira paixão, que chegou o momento de simplesmente deixar de acreditar que ele está em algum lugar esperando para encontrar ou ser encontrado. Não é porque não foram só três e talvez possam ter sido mais de uma dúzia deles, não há motivos para simplesmente pensar que o amor não foi feito sob medida para você. Acredite, sonhe, corra, sorria, aproveite cada momento de cada amor que foi feito sob medida pros dias ensolarados de um caminho que não se trilha sozinho. Porque acreditar que você encontraria na primeira esquina da sua vida o homem que a faria a mulher mais feliz desse mundo é como acreditar que o bilhete de loteria premiado vai ser o primeiro que você se arriscar a comprar: você não vai dar valor ao dinheiro, não vai dar o devido valor ao amor. E é preciso entender a dor pra aproveitar todo o sabor maravilhoso que o amor pode oferecer. Não desista.

Saudações!

Decretado pela Rainha de Copas às 01:05 2 comments


17.6.11

Saudade é querer estar perto de quem não está. É querer ouvir a voz, dividir a piada, sentir o calor ou os lábios. Saudade é sentir falta de quem tá aqui dentro, tão entranhado que, quando ausente, fica um buraco. Saudade é sentir quão profundo é o sentimento que nos une a outrem, é saber que a vida ao lado de quem nos faz falta é sempre mais doce. Saudade é o negativo absoluto, não ter, não saber, não ver, não dividir... Saudade é um sentimento crônico e até silencioso, que fica ali no peito disfarçado, mineirinho; mas que, num segundo, explode e se torna lancinante. Saudade é perceber que algo aqueceu o coração e elevou a alma e tudo que se quer mais é voltar para esse aconchego.

 Uma das pessoas que eu mais conheço que entenda de saudade 
escreveu e eu publiquei. E  ela pode ser encontrada aqui também! 


Saudações!

Decretado pela Rainha de Copas às 21:16 2 comments


Lições do amor - Parte I

O amor me ensinou que para amar são preciso dois, mesmo que esses mesmos dois não amem ou, se amam, não precisa haver total equilibrio de reciprocidade. Mas se essa reciprocidade existir, não há felicidade maior, não há sorriso mais satisfeito e suspiro mais sincero. Porque a alegria de saber que você encontrou o homem que vai ser o pai dos seus filhos, o principe encantado com quem você sempre sonhou e o protagonista da história da sua própria vida se traduz no sentimento mais estranhamente contentador. Aquela pessoa não está ligada a você por sangue, por obrigação, por nada. Apenas pelo sentimento que mais pode ser capaz de trazer os melhores frutos que se pode ver brotar. É nesse momento (e em todos os outros) que se deve agradecer ao amor maior de todos que é o amor do Pai, por todos os maravilhosos presentes que ele trouxe para a vida e orar pelo prazer de sentir o mais puro de todos que é o amor por um filho e o dele por você. E, por último, me ensinou que todos os amores, feridas, tristezas e lágrimas nada mais foram que uma forma de fazer com que pudessemos reconhecer o amor da vida quando ele finalmente chegasse.

Saudações!

Decretado pela Rainha de Copas às 07:18 0 comments


16.6.11

Por mais que eu tente, não consigo imaginar um só dia que eu tenha sido mais feliz, que meu sorriso tenha sido mais fácil, que meu futuro fosse tão sonhado. Por mais que eu queira (e acredite: eu não quero), não há como fechar os olhos, acordar desse sonho bom e pensar que isso pode não se repetir durante todos os meses e anos do resto da minha vida. Eu quero escutar tua voz em todos os meus fins de tarde, sentir teu amor a cada inicio de manhã e poder fazer você ser mais feliz quanto se pode ser. Quero mais dias, meses e anos ao lado teu. Feliz todos os meses!

Saudações!

Decretado pela Rainha de Copas às 00:00 4 comments


15.6.11

Eu sei que meu destino é mesmo essa saudade que não cessa e essa vontade sem fim. Sei que não consigo seguir por outro caminho que não seja o guiado pelo cheiro que ainda carrego na memória junto com a imagem da última vez que nós estávamos lado a lado caminhando de mãos dadas. E a verdade nisso tudo é que meus olhos não se encontram se não for junto aos teus em uma direção que eu quero olhar pro futuro que virá, junto com a realização de sonhos que eu sei que não sonho mais sozinha. Mas enquanto o futuro não chega, eu me enrosco com essa ansiedade que me mata, sufoca e me mostra que eu ainda não posso ter aquilo que eu mais queria ver no abrir dos meus olhos logo de manhã: você.

Saudações!

Decretado pela Rainha de Copas às 07:41 2 comments


14.6.11

Mesmo alegre, eu fico triste. Mesmo amando você tanto que eu ainda não consigo medir, eu sinto esse enorme vazio aqui no peito que só pode ser preenchido pela presença da única pessoa que me arranca os melhores sorrisos mesmo em dias de chuva. Porque eu marco "X" no meu calendário cada vez que um dia se passa e conto os minutos para que cada um deles se vá o mais rápido possível para que eu possa sentir de novo o cheiro e o gosto de uma felicidade que não dá espaço para tristeza, saudade, vontade, cansaço ou qualquer uma das coisas que nem sequer lembro que existem quando estou ao lado seu. Porque é o único lugar onde o sorriso é maior do que qualquer coisa e quase maior que o amor que eu chamo de seu.

Saudações!

Decretado pela Rainha de Copas às 07:15 2 comments


13.6.11

Não importa de pra mim hoje deveria representar o segundo dia da semana ou se os dias deveriam passar mais lentos pra eu provar de cada momento com toda intensidade que eles merecem, mesmo que que não sejam os mais doces. Não importa se todas as pessoas do planeta [e as dos outros planetas, se existirem] digam que você possa não ser a pessoa que vai me fazer a mulher mais feliz do mundo. Não importa quantas vezes você vai precisar me pedir desculpas pelas coisas mais bobas ou as mais sérias que tantas vezes tiraram esse sorriso do meu rosto e me deixaram transparecer uma tristeza que eu mal lembrava que existia. Eu desculpo, eu me importo, eu corro e eu espero. Espero pelo dia que vai me fazer ter certeza de que todos os dias ao lado seu são o presente mais perfeito que qualquer namorado pode me dar a cada manhã e não só no dia 12 do mês de junho.

Saudações!

Ps.: A partir de hoje, a Rainha passará a responder todos os comentários [não que eles sejam muitos] na própria caixa de comentários. Então, comuniquem-se, Súditos!

Decretado pela Rainha de Copas às 07:36 2 comments


12.6.11

Feliz dia do amor.

Eu sei que eu esperei por você mais de vinte e cinco janeiros e hoje eu esperaria mais vinte e cinco. Eu sei, hoje, que príncipes existem, mesmo que eles não venham montados em cavalos brancos. Sei que meu sorriso sai mais fácil, meu coração pulsa mais forte e não preciso me esforçar para qualquer uma dessas coisas. Aliás, a grande verdade é que por mais que eu me esforce, não há outra forma de ser. Meus dias passam lentos, mas basta lembrar qualquer um dos minutos que eu tive na tua presença pra quase ouvir a taquicardia e sentir minhas mãos começando a suar.

Eu sei, meu amor, que esperei muito tempo pra provar do teu doce, gostar do teu salgado e, mais do que nunca, apreciar os minutos a nada fazer ao teu lado. Porque quando eu lia historias de amor de outras vidas e outras pessoas, eu me perguntava quando finalmente iria poder escrever minhas próprias linhas da historia da minha própria vida. E eis que quando eu menos esperava, de onde eu nem acreditava, você surge, me instiga, provoca, insiste e persiste e vai embora. E quando eu vejo a cadeira que eu carrego há tanto tempo comigo sozinha, vazia novamente, eu grito, esperneio, me desespero. E você volta pra me mostrar que o cheiro que eu senti nunca se foi.

E eu só sei disso tudo porque tudo o que pensei que sabia, eu esqueci, me perdi e me encontrei quando entendi que minha espera teve fim. Porque quando me olho no espelho ao acordar, prefiro fechar os olhos e imaginar nós dois juntos num sonho que sei que é real do que me ver sozinha numa manhã sem graça por não te ver ainda.

Eu sei. Eu sei que meus sorrisos acompanhados dos teus são mais felizes. E o melhor é finalmente poder sonhar de peitos e olhos abertos.

Meu companheiro, marido, namorado, esposo. Meu amor, o melhor é poder ser feliz ao lado teu.

Feliz dia dos namorados. Feliz dia do amor.

Saudações!

Decretado pela Rainha de Copas às 10:07 2 comments


10.6.11

Habita em mim mais que um sentimento estranho e sem rumo. Há em mim mais do que saudade, vontade, passado e presente. Eu sou mais que essas linhas tortas que escrevo e reinvento. Reflete no espelho mais que uma imagem desfocada e com um pouco das cores que eu procurei entre as tintas que sobraram do teu quadro. Mora no meu quarto mais que luz, vida e olhares. Adormece e acorda todos os dias uma esperança que não morre. É um pouco menos de futuro e mais do saudoso calor do teu corpo e da segurança que me trazia estar simplesmente ao teu lado. Especialista em sentir, viver não ficou para trás. E nem há de ficar. Porque, em mim, há desejo em erupção, há suor nos limites do corpo. Simplesmente.

Saudações!

Decretado pela Rainha de Copas às 18:25 0 comments


9.6.11

Parece um pesadelo. Não há outra palavra pra expressar, outra forma de tentar desenhar esse quadro terrível de um dia que parece que não mais querer ter fim.

Saudações!

Decretado pela Rainha de Copas às 16:43 0 comments


8.6.11

Eu contei os dias na expectativa que um dia você chegasse e me dissesse que eu era sua e na verdade sempre fui. Porque caminhos não se cruzam por acaso e os velhos contos de amor sempre rendem um final feliz. Afinal, sou eu sua princesa. Nem plebeia, nem integrante da realeza, mas dona de um pequeno reino de sonhos que sempre fizeram com que eu caminhasse pra chegar até você. E o meu reino foi sendo preparado para que esse instante chegasse: enchi cada canto desse lugar com flores, fiz festa, dancei... por pura felicidade de ter te encontrado. Passei a enxergar o Oceano pequeno, a distância ínfima e a saudade um verdadeiro elo de ligação ao que me faz falta. E não tenho medo. O Reino, como já disse é meu, as leis delegadas eu as criei, discursei aos meus súditos sobre o que se passava no meu coração de Rainha. Porque não existe coincidência: o símbolo de copas é ♥ e o meu você já tem.

Saudações!

ps.: Escrito por uma Duquesa que tem o dom das palavras tanto quanto esta que vos fala, mas o maior dom que ela tem é o fato de ter um coração maior quanto se é possível ter e acreditar em contos de fadas todos os dias depois que abre seus os olhos de sonhos tão reais quanto se pode ter.

Decretado pela Rainha de Copas às 06:50 0 comments


7.6.11

Quando eu acordo pela manhã, eu quase posso ouvir você me desejar um bom dia e dizer o quanto me ama ainda mais nessa manhã de terça-feira. Quando eu acordo e não vejo você, eu posso fechar meus olhos e quase sentir essa força estranha que nos une fazendo com que eu quase possa te ver sorrindo um sorriso preguiçoso e uma vontade de tomar café da manhã do meu lado esquerdo. Porque desde o dia em que finalmente encontrei você, mesmo longe, eu sei que não preciso mais lutar sozinha [e nem você]. Bom dia todos os dias, meu amor.

Saudações!

Decretado pela Rainha de Copas às 07:06 2 comments


6.6.11

A verdade é que eu carrego comigo uma caixinha cheia de coisas e lembranças e alegrias e tristezas. E, no dia que eu conheci você, essa mesma caixinha se encheu dos sorrisos que você não faz questão de mostrar nas fotografias. E todas as lágrimas que a gente jura que ocupa todos os cantos e todos espaços saíram correndo pela porta que eu mesma fiz questão de abrir pra te ver entrar pelo domingo ensolarado do inicio de uma semana que pra você na verdade está terminando. E quando você me pede pra casar com você meio milhão de vezes, eu te respondo três vezes que sim, sim, sim. Porque felicidade é meu sobrenome pelo menos até o dia em que for o seu nome que eu vou carregar como meu.

Saudações!

Decretado pela Rainha de Copas às 07:18 2 comments


5.6.11

Eu espero por você. Porque se eu esperei durante vinte e tantos anos, esperar mais um pouco não vai ser nada diante do resto da vida ao teu lado. A verdade é que dias tão longe de você fazem eu ter uma visão completamente diferente da que eu tinha do nosso relacionamento quando eu estava a quase nada de distância de você. E eu só sei que é para os teus braços que eu quero voltar, pra vida que já é e sempre foi nossa e pro presente futuro que eu sei que há de ser doce, ensolarado e colorido pelas flores que eu sempre vou ver sendo cultivadas no nosso jardim particular. E, no fim das contas, é por isso que eu espero, pra ser feliz, pra sempre.

Saudações!

Decretado pela Rainha de Copas às 10:12 2 comments


4.6.11

Não consigo parar de sonhar com você. E meus sonhos são essa mistura desvairada de lembranças inacreditáveis e esperanças insistentes. Como se num filme que ainda não está totalmente pronto, quadro a quadro, os personagens tomam forma e a minha ansiedade de espectadora da minha própria vida me faz querer apertar o botão que me faria acelerar pra chegar logo no tal "felizes para sempre". Mas tem sempre aquele coadjuvante que nos lembra de que cada passo é importante para uma felicidade que está guardada apenas para os pacientes, cautelosos, perseverantes apaixonados. Sempre há tempo para todas as coisas: tempo para lutar, tempo para esperar, tempo para viver. E eu estou vivendo esse tempo reservado para sonhar. E eu sonho não só dormindo. Ao contrário, sonho muito mais de olhos abertos com uma consciência exata de um amor que finalmente é meu e que só cresce. Mais e mais.

Saudações!

Decretado pela Rainha de Copas às 00:23 2 comments


3.6.11

É inevitável te amar mais, te querer mais, querer ser mais feliz. Não consigo me prender ao sentimento de não saber do que virá porque eu sei que na manhã seguinte eu acordo com mais certeza, mais vontade, mais amor. Porque "eu te amo e nosso amor há de ser sempre uma escada que nos leva ao paraíso". Mais.

Saudações!

Decretado pela Rainha de Copas às 08:12 2 comments


2.6.11

Estou aqui para pedir desculpas. Pedir desculpas por todas as vezes que eu não consegui acreditar que você existia. Por todas as vezes que eu pensava no seu cavalo branco, mas esquecia de realmente ter fé no seu sorriso. Por sempre que sonhava com você, acordar com um pouco menos de vontade de sair por aí procurando esse amor nos quatro cantos do mundo. Por isso, me desculpe. Porque hoje você me prova todos os dias que principes encantados existem de verdade e o melhor é saber que nosso futuro é mesmo esse presente que virá!

Saudações!

Decretado pela Rainha de Copas às 08:15 0 comments


A Rainha



menina de vinte poucos.
que viveu muito em pouco.
que sorriu pouco em muito.
que vive sorrindo muito.
mulher de vinte e poucos.
que sofre, ama e não cansa.
de buscar dias melhores,
dias mais felizes.
menina mulher que não cansa.
de sonhar. de viver. de sorrir.
de confiar. de ter fé.
mulher menina que muito em pouco
fez pouco de muito.
e agora é rainha mesmo
não sendo majestade.

menina moça mulher do naipe coração.



Correio Real mensageirodecopas@gmail.com

A Rainha no Twitter @ReinodoCoracao

A Rainha no Orkut:
 Perfil 

A Rainha no Twitter @ReinodoCoracao

A Rainha no Facebook
 Perfil da Rainha

O Reino no Facebook
 Curtir o Reino

Súditos
 . A Rua Dos Contos 
 . Elísios 
 . Florbela Espanca 
 . Bobo da Corte 
 . Escudeiro da Rainha de Copas 
 . Cavaleiro Real 

Era uma vez

.Maio 2006

.Junho 2006

.Julho 2006

.Agosto 2006

.Setembro 2006

.Outubro 2006

.Novembro 2006

.Dezembro 2006

.Janeiro 2007

.Fevereiro 2007

.Março 2007

.Abril 2007

.Maio 2007

.Junho 2007

.Julho 2007

.Agosto 2007

.Setembro 2007

.Outubro 2007

.Novembro 2007

.Dezembro 2007

.Janeiro 2008

.Fevereiro 2008

.Março 2008

.Abril 2008

.Fevereiro 2009

.Março 2009

.Abril 2009

.Maio 2009

.Junho 2009

.Julho 2009

.Setembro 2009

.Novembro 2009

.Dezembro 2009

.Janeiro 2010

.Fevereiro 2010

.Março 2010

.Abril 2010

.Maio 2010

.Junho 2010

.Julho 2010

.Agosto 2010

.Setembro 2010

.Outubro 2010

.Novembro 2010

.Dezembro 2010

.Janeiro 2011

.Fevereiro 2011

.Março 2011

.Abril 2011

.Maio 2011

.Junho 2011

.Julho 2011

.Agosto 2011

.Setembro 2011

.Outubro 2011

.Novembro 2011

.Dezembro 2011

.Janeiro 2012

.Fevereiro 2012

.Março 2012

.Abril 2012

.Junho 2012

.Julho 2012

.Agosto 2012

.Setembro 2012

.Outubro 2012

.Dezembro 2012

.Janeiro 2013


A Rainha Agradece
.Layout: Liannara
.Hospedagem:Blogger
.Comentários: Haloscan
.Imagem: Flickr